SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Brasil conquista o primeiro lugar na Olimpíada de Matemática da CPLP

Estudantes terminaram com duas medalhas de ouro e duas de prata, obtendo a primeira posição no evento

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 03/08/2015 15:17 / atualizado em 03/08/2015 20:13

Arquivo pessoal
O Brasil terminou com a primeira colocação na 5ª Olimpíada de Matemática da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que terminou em 25 de julho na cidade de Praia, em Cabo Verde. A equipe brasileira conquistou as duas únicas medalhas de ouro da competição e duas de prata.

 

As medalhas de ouro foram conquistadas por Pedro Lucas Lanaro Sponchiado, de Santa Cruz do Rio Pardo (SP) e Mateus Siqueira Thimóteo, de Mogi das Cruzes (SP), ambos com a pontuação de 42 pontos. Os outros dois integrantes da delegação brasileira obtiveram medalha de prata: Andrey Jhen Shan Chen, de Campinas (SP) ficou em terceiro lugar geral, com 38 pontos, e Bruno Brasil Meinhart, de Fortaleza (CE), ficou em quinto lugar geral, com 32 pontos.

 

A equipe brasileira ficou em primeiro lugar geral na classificação por países, com 154 pontos em 168 possíveis, seguida por Portugal, que somou 108 pontos, e por Cabo Verde, com 68 pontos.       

 


A olimpíada contou com a presença de 24 jovens de Angola, Brasil, Cabo Verde, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe. Cada país enviou uma delegação de quatro estudantes e dois professores. Durante a disputa os competidores submeteram-se a duas provas individuais aplicadas em dois dias consecutivos. Cada exame apresentou três problemas de matemática selecionados por um júri internacional, que exigiram a resolução de exercícios de álgebra, teoria dos números, geometria e combinatória.


Os estudantes que representam o Brasil em competições internacionais de matemática são selecionados pela Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM), competição realizada anualmente nas escolas públicas e privadas em todo o país e que reúne mais de 500 mil estudantes. Para participar da OBM, o cadastro deve ser feito apenas pelas instituições, no site, entre os meses de março e abril de cada ano. Depois, os alunos interessados devem fazer a inscrição interna com o professor responsável.

publicidade

publicidade