SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Fundação lança material de aula para professores do campo

Publicação é gratuita e está disponível para download. Coleção tem seis cadernos com questões que abordam cotidiano de escolas rurais

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/08/2015 17:50 / atualizado em 20/08/2015 18:01

Os professores de centros de ensino rurais têm uma ferramenta a mais para complementar as aulas. A Fundação Telefônica Vivo, em parceria com o Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (Icep), lança a coleção Classes Multisseriadas em Escolas do Campo, com o objetivo de estimular o uso de metodologias de ensino. Lançado no dia 10 de agosto, o conteúdo impresso tem seis cadernos que tratam de questões específicas do cotidiano dos educadores, e será distribuído em algumas escolas do país e nas secretarias de educação.

 

A coletânea faz parte do programa Escolas Rurais Conectadas, no qual a Telefônica Vivo estabelece a conexão com a internet e a Fundação realiza a formação docente, com conteúdos diferenciados para as escolas. O trabalho é feito por uma plataforma on-line, com disponibilidade em todo o Brasil, cujo objetivo é fornecer uma infraestrutura tecnológica, implementando laboratórios de experimentação digital. 

 

A ênfase do material é colocada na interação entre os estudantes e as práticas pedagógicas, de forma que a aprendizagem seja fortalecida. As características do interior são destacadas na coleção, pois é comum encontrar estudantes de idades diferentes dividindo a mesma sala e frequentando a mesma série. O desafio do professor que atua no campo é trabalhar com as classes multisseriadas e impulsionar um processo educacional inovador, compreendendo a realidade dos alunos. 

 

 O território nacional possui mais de 70 mil escolas, e 42 mil delas são escolas rurais. Dessas unidades, 74% são classes multisseriadas, o que significa que alunos de diferentes séries e idades participam da mesma classe, com um único professor. Diante desse cenário, os educadores foram construindo estratégias pedagógicas centradas nas relações entre os estudantes. 

 

O acervo traz questões específicas de sala de aula e aborda temas estratégicos para o desenvolvimento pedagógico, como: entender as origens da educação escolar em contextos rurais, projetos de pesquisa, leitura e escrita, gestão de sala de aula, jogos e brincadeiras e matemática. 

 

No projeto, as escolas são conectadas com a tecnologia 3G, de acordo com o regulamento da Anatel, e compreende os seguintes estados: Alagoas, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe e São Paulo. Mais de 10 mil escolas foram beneficiadas desde o início do programa, em 2012.

 

 A publicação é totalmente gratuita, e qualquer professor interessado pode fazer o download do material no site da Fundação, na área do acervo. www.fundacaotelefonica.org.br\acervo.

publicidade

publicidade