SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Uma semana: resultado de matrículas em escoals públicas é adiado pelo GDF

Segundo informações da Secretaria de Educação, o prazo foi adiado para o próximo dia 23 de dezembro. A previsão inicial era de que a divulgação ocorresse em 16 de dezembro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 10/12/2015 12:56

Os pais de estudantes da rede pública de ensino que fizeram a pré-matrícula (telematrícula) ou pediram remanejamento escolar terão que esperar mais uma semana para receber o resultado. Segundo informações da Secretaria de Educação, o prazo foi adiado para o próximo dia 23 de dezembro. A previsão inicial era de que a divulgação ocorresse em 16 de dezembro.
 
A lista pode ser consultada a partir das 17h no site da Secretaria-Adjunta de Educação ou pessoalmente nas coordenações regionais de ensino. Para efetivar a matrícula, o responsável pelo aluno deve comparecer à instituição de ensino escolhida de 26 de janeiro a 4 de fevereiro de 2016.

As vagas que sobrarem serão ofertadas de 15 a 19 de fevereiro, apenas para quem não se inscreveu pelo telefone. A lista vai ser divulgada no balcão de cada escola e os responsáveis devem comparecer ao local para fazer a matrícula, por ordem de chegada.
 

Já para os pais que procuram por vaga em creches conveniadas à Secretaria de Educação para crianças de até 5 anos, é necessário se cadastrar no Sistema I-Educar, de 19 a 22 de janeiro. Para isso, o responsável deve ir à coordenação regional de ensino correspondente e apresentar originais e cópias do CPF ou RG, comprovante de residência e da certidão de nascimento ou de um documento de identidade da criança.

Os inscritos serão avaliados conforme critérios sociais de prioridade de atendimento, como baixa renda e risco nutricional, e chamados de acordo com a pontuação e o surgimento de vagas.
 
Documentação para efetivar a matrícula
 
Educação infantil, ensino fundamental, ensino médio, educação de jovens e adultos (EJA), Centro Interescolar de Línguas e educação do campo: original e cópia da certidão de nascimento, duas fotos 3x4, comprovante de residência e informações sobre tipo sanguínea e fator RH. No caso de estudantes menores de idade, o responsável deverá apresentar RG e CPF.
 
Também é obrigatória a apresentação de:
Educação infantil: cópia do cartão de vacina atualizado.
 
Ensino fundamental: declaração provisória de matrícula ou histórico escolar e relatório avaliativo bimestral (anos iniciais), no caso de a matrícula ser efetivada no decorrer do ano letivo, ou ficha individual do estudante (séries/anos finais).
 
Ensino médio: declaração provisória de matrícula ou histórico escolar e ficha individual do estudante (no caso de a matrícula ser efetivada no decorrer do ano letivo).
 
EJA: declaração provisória de matrícula ou histórico escolar. Caso a documentação esteja incompleta ou inexistente, deverão ser seguidos os procedimentos administrativos apontados no Manual da Secretaria Escolar 2010.

Educação especial: declaração provisória de matrícula ou histórico escolar e relatório avaliativo bimestral (anos iniciais), no caso de a matrícula ser efetivada no decorrer do ano letivo ou ficha individual do estudante (séries/anos finais). Também é obrigatório anexar a documentação de cada etapa/modalidade e incluir diagnóstico clínico, expedido por profissional habilitado, identificando a deficiência e/ou transtorno global do desenvolvimento (TGD), além de relatório de avaliação e intervenção educacional, caso possua. O responsável deverá apresentar RG e CPF.
 
Com informações de Agência Brasília

publicidade

publicidade