SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Sucessão

Luiz Roberto Curi toma posse como novo presidente do Inep

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 18/03/2016 18:29

Portal MEC

 

“Para avançarmos na democracia, teremos que avançar ainda mais na educação e não haverá avanço na educação do Brasil sem que o Inep tenha um papel destacado nas avaliações e na incidência das políticas públicas estratégicas”, disse o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, ao empossar o novo presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Luiz Roberto Liza Curi, na manhã desta sexta-feira, 18, na sede do MEC em Brasília.

 

De acordo com Mercadante, o Inep ocupa uma posição na avaliação e na pesquisa educacional indispensável ao futuro da educação. “O Inep é uma das instituições mais estratégicas para nós avançarmos no Plano Nacional de Educação”, disse. “Diferente de outras instituições do Estado brasileiro que fazem estudo e pesquisa, o Inep produz indicadores de avaliação de qualidade que interferem decisivamente nas políticas educacionais”, continuou.

 

O novo presidente do Inep chega ao cargo com o reconhecimento da comunidade acadêmica e científica. “Alguns depoimentos em relação a ele, vindos de fontes acadêmicas e intelectuais diferenciadas, reforçaram a minha convicção”, afirmou o ministro.

Sociólogo e doutor em economia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Curi já foi membro do Conselho Nacional de Educação (CNE) e integrou também o Conselho Superior da Unicamp, além de presidir o Conselho do Patrimônio Artístico, Arquitetônico e Cultural de Campinas. Servidor de carreira do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), trabalhou em posições estratégicas no MEC, onde foi diretor geral de Políticas de Educação Superior, além de chefe de gabinete e assessor especial do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos.

 

Ao assumir a presidência do Inep, Curi destacou a participação da autarquia para o desenvolvimento da educação do país. “O compromisso com o futuro, o compromisso com práticas renovadas de gestão, o compromisso de ressurgimento permanente. O Inep é o órgão capaz de exemplificar e expressar o futuro da educação brasileira, porque é o órgão que expressa a avaliação, mais que avaliação, é o órgão capaz de produzir e refletir acerca do que observa no campo, é o órgão capaz de produzir indicadores úteis aos incrementos às políticas públicas”, afirmou.

 

O Inep foi criado no dia 13 de janeiro de 1937, sendo chamado inicialmente de Instituto Nacional de Pedagogia. Hoje é uma autarquia federal vinculada ao MEC, cuja missão é promover estudos, pesquisas e avaliações sobre o Sistema Educacional Brasileiro com o objetivo de subsidiar a formulação e implementação de políticas públicas para a área educacional a partir de parâmetros de qualidade e equidade, bem como produzir informações claras e confiáveis aos gestores, pesquisadores, educadores e público em geral.

publicidade

publicidade