SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

EXPOSIÇÃO

Instituto Cervantes celebra o 4º centenário de morte de Miguel Cervantes

Instituto promove exposição bibliográfica e atividades literárias entre 11 e 24 de junho

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 01/06/2016 18:15 / atualizado em 02/06/2016 14:18

Em celebração ao 400º aniversário de morte de Miguel Cervantes, autor de Dom Quixote de La Mancha, o Instituto Cervantes promoverá, entre 11 e 24 de junho, a Exposição Quijotes, mostra bibliográfica com mais de 40 edições do romance. A exposição reúne edições em mais de 20 idiomas, como português, espanhol, árabe e alemão e tem curadoria da diretora do Instituto Cervantes de Brasília, Rosa Sánchez-Cascado. Dentre as publicações, destacam-se aquelas com ilustrações de artistas reconhecidos internacionalmente, como o brasileiro Cândido Portinari e o espanhol Salvador Dalí.

 

Acervo Instituto Cervantes/Divulgação


Paralelamente à exposição, com visitação diária, o Instituto também promove duas atividades literárias. Parte integrante do ciclo de debates Conversando em espanhol, programado para ocorrer durante todo o ano, a edição de 9 de junho terá como tema "A experiência de vida de Miguel de Cervantes". O bate-papo será conduzido pela filóloga e coordenadora acadêmica do Instituto Cervantes, Ana Isabel Reguillo, na Biblioteca Angel Crespo do Instituto Cervantes às 18h30.

Já em 14 de junho, será realizada a palestra Miguel de Cervantes e Dom Quixote de La Mancha - Uma novela para o século 21, em parceria com a Universidade de Brasília (UnB). O evento ocorrerá no auditório da reitoria da UnB das 14h30 às 18h e terá a participação do embaixador da Espanha no Brasil, Manuel de la Cámara, e do doutor em filologia pela Universidade de Alcalá, José Manuel Lucia Megías.

 

Todos os eventos tem classificação indicativa livre e entrada franca. Informações pelo site.


Saiba mais
Considerada a obra-prima de Cervantes, Dom Quixote de La Mancha é tida como a expoente máxima da literatura expanhola, além de ser o segundo livro mais traduzido e publicado do mundo - atrás apenas da Bíblia Sagrada. Publicado em duas partes, primeiro em 1605 e posteriormente em 1615, é um romance satírico sobre as aventuras de um cavaleiro que busca seguir o caminho de seus heróis literários, mas sempre sendo obrigado a encarar a dura realidade.

Confira a programação:

Quijotes

Mostra bibliográfica com 42 edições traduzidas da obra em mais de 20 idiomas e ilustrações de grandes artistas como Dalí e Portinari
Onde: Instituto Cervantes Brasília, SEPS 707/907, Lote, D Asa Sul
Quando: de 11/6 a 24/6, de segundas a sextas-feiras das 9h às 20h / Sábados das 9h às 15h

Debate: Conversando em espanhol: Experiência de vida de Miguel de Cervantes
Com Ana Isabel Reguillo, filóloga espanhola e coordenadora acadêmica do Instituto Cervantes.
Onde: Biblioteca Angel Crespo - Instituto Cervantes
Quando: 9/6, às 18h30

Palestra: Miguel de Cervantes e Dom Quixote de La Mancha – Uma novela para o século 21
Com Manuel de la Cámara, embaixador da Espanha no Brasil, e José Manuel Lucía Megías, doutor em filologia pela Universidade de Alcalá
Onde: Auditório da Reitoria da Universidade de Brasilia (câmpus Darcy Ribeiro, Asa Norte)
Quando: 14/6, das 14h30 às 18h

publicidade

publicidade