SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Rede estadual de ensino de São Paulo lidera Ideb, mas não bate meta

O Ideb, que é divulgado a cada dois anos, foi feito com dados coletados em 2015

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/09/2016 18:39

Agência Estado



As escolas da rede pública do Estado de São Paulo ficaram em primeiro lugar em todos os níveis do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), que mede o desempenho dos alunos em provas de Português e Matemática, além de taxas de aprovação, reprovação e abandono.

O anúncio foi feito pelo governador do Estado, Geraldo Alckmin, e o secretário da Educação, José Renato Nalini, na tarde desta quinta-feira (8/9) no Palácio dos Bandeirantes. O índice nacional foi divulgado mais cedo pelo Ministério da Educação (MEC).

Leia mais notícias em Brasil


O Ideb, que é divulgado a cada dois anos, foi feito com dados coletados em 2015. Há três categorias no índice: anos iniciais (do 1º ao 5º ano do ensino fundamental) anos finais (do 6º ao 9º ano) e ensino médio. Nas três categorias, São Paulo saiu em primeiro lugar, com indicador em 6,4, 4,7 e 3,9. Nos anos finais, o Estado dividiu a primeira colocação com Santa Catarina e Goiás, e no ensino médio, com Pernambuco.

"É um estímulo pra gente fazer muito mais. O objetivo é muito maior e é muito melhor. Mas mostra que o rumo tomado é importante trazendo bons resultados", afirmou o governador.

Apesar de liderar o ranking brasileiro, São Paulo não atingiu a meta para o ensino médio, assim como os outros Estados da federação, que era de 4,3. O indicador nacional está empacado desde 2011 em 3,7.

Tags: ideb são paulo

publicidade

publicidade