SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Senador defende 'debate cuidadoso' na reforma do ensino médio

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/09/2016 18:19 / atualizado em 28/09/2016 20:15

Agência Senado

O senador Cristovam Buarque (PPS-DF) chamou atenção para a medida provisória de reforma do ensino médio, lembrando que a modernização do currículo escolar é importante mas requer um debate cuidadoso. Ele considera positiva a possibilidade de os alunos poderem montar seu currículo, através da escolha de disciplinas optativas. Cristovam classificou de “palmatória intelectual” obrigar jovens sem vocação a aprender certos conteúdos através de professores despreparados. O senador também espera a modernização dos métodos e do conteúdo em cada disciplina, e exaltou a importância do reconhecimento do notório saber na seleção de professores como forma de atrair talentos para o corpo docente.

- Para mim, essa MP é mais ou menos como a Lei do Ventre Livre. Não vai ser ainda a Lei Áurea, está longe de ser a Lei Áurea, mas é um passo adiante - disse o senador, referindo-se à forma gradual com que se deu o fim da escravidão no Brasil.

Cristovam Buarque comparou as reformas do ensino com o programa Mais Médicos, que foi lançado por medida provisória porque a saúde é uma demanda prioritária. Ele salientou que a criança de hoje sem escola fará o Brasil do futuro sofrer, e lamentou que o país esteja ficando para trás na implantação do ensino igual para todos e nas aulas em turno integral.

publicidade

publicidade