SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Estudantes participaram hoje de sessão plenária do Câmara Mirim

Programa educativo simula uma sessão da Câmara dos Deputados com alunos do 5º ao 9º ano do ensino fundamental

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 21/10/2016 18:47 / atualizado em 21/10/2016 18:49

Agência Câmara

Trezentas e cinquenta e sete crianças participam da 12ª edição do Câmara Mirim, programa educativo promovido pelo portal infanto-juvenil Plenarinho, realizado sempre no mês de outubro. Hoje, a partir das 10 horas, no Plenário Ulysses Guimarães, os deputados mirins vão debater e votar três projetos de lei apresentados por eles mesmos e escolhidos durante o processo de seleção.

 

Câmara Mirim

O Câmara Mirim simula uma sessão da Câmara dos Deputados. Nos dias do evento, alunos do 5º ao 9º ano do ensino fundamental, das redes pública e privada, provenientes de diversas cidades do País, por meio de escolas e câmaras mirins, fazem o papel de deputados, ao apresentar, debater e votar três projetos de lei selecionados entre projetos enviados ao longo do ano pelas crianças que acessam o portal infantil da Câmara.

 

O objetivo do programa é conscientizar alunos de ensino fundamental sobre o trabalho parlamentar, ressaltando a importância, no Parlamento, do diálogo e do respeito às ideias contrárias, além de contribuir para o desenvolvimento do espírito crítico das crianças, por meio da observação de problemas do dia-a-dia e da busca por soluções.

 

Projetos selecionados
No fim de julho, uma comissão de consultores escolheu os três melhores projetos, dentre os mais de 700 recebidos, que serão discutidos e votados no Câmara Mirim 2016:

  • Atividade para cadeirante na escola, de Julyane Camili Vila Nova Valério, de Presidente Médici (RO). A deputada mirim vai defender uma especialização para que professores de Educação Física desenvolvam atividades para estudantes com deficiência.
  • Inglês para todos: acesso ao saber, de Larissa Pinho Maciel, de Palmas (TO). A preocupação da autora é com a dificuldade de aprendizagem da língua inglesa por parte dos alunos de escolas públicas.
  • Mochila leve - livro no armário, de Giovanna Karla Moreira, de Belo Horizonte (MG). As escolas de todo o País serão obrigadas a confeccionar armários com material reciclado para poder armazenar o material escolar dos alunos.

Participantes
São as seguintes as escolas e as Câmaras Mirins participantes:
- Câmara Mirim de Araras (SP);
- Câmara Mirim de Belo Horizonte (MG);
- Câmara Mirim de Biguaçu (SC);
- Câmara Mirim de Blumenau (SC);
- Câmara Mirim Varginha (MG);
- Escola Estadual Coronel Virgílio Rosa, de Monte Carmelo (MG);
- Colégio Machado de Assis, de Joinville (SC);
- Liceu Jardim, de Santo André (SP);
- Centro de Criatividade Infantojuvenil CCI, de Samambaia (DF);
- Colégio Marista, de Goiânia (GO);
- Escola Estadual Professora Neide Mesquita, de São Cristóvão (SE);
- Colégio Santa Rosa, de Brasília (DF); e
- Escola Municipal Ioládio Batista da Silva, de Boa Vista (RR).

publicidade

publicidade