SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Centro de Ensino Médio Setor Oeste tem conflito entre alunos

Foram desacordos entre a direção, estudantes a favor e estudantes contra a ocupação no colégio

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/10/2016 19:49 / atualizado em 28/10/2016 20:34

Na manhã desta sexta-feira (28), o Centro de Ensino Médio Setor Oeste (Cemso) — ocupado desde segunda-feira (24) — foi palco de vários desacordos. O tumulto ocorreu entre os próprios estudantes, a favor e contra a ocupação do Cemso, e parte da equipe docente do colégio. Alunos que representam o movimento de ocupação da escola garantem que todas as atividades permanecem pacíficas, embora uma minoria insista em uma postura mais agressiva. A previsão é que cerca de 50 estudantes estejam dormindo nas salas de aula da escola desde a ocupação.

Segundo relato dos estudantes, foi decidido que haveria uma conversa entre a diretoria do colégio, representada pela diretora Ana Maria Gusmão, e os representantes do movimento de ocupação. Na reunião foi acordado que as chaves do colégio seriam devolvidas à diretora mediante a assinatura de um documento atestando que a chave estaria em posse da direção. Ana Maria Gusmão não concordou com os termos, e se retirou do colégio, seguida por parte dos professores que minstrariam aulas no Cemso hoje.

Ainda nesta manhã, uma parcela de estudantes contra a ocupação subiu o muro e entrou no colégio pelo telhado, danificando parte das telhas. O intuito dos estudantes era incitar a saída dos ocupantes, sem sucesso. Os jovens relataram que não houve hostilidade e os alunos que entraram de manhã se retiraram até o início da tarde.

Embora a maioria dos professores que foi ao colégio de manhã decidiu por não dar aulas no colégio durante a ocupação, os estudantes estão recebendo docentes da Universidade de Brasília e de professores do Cemso que optaram por dar continuidade às aulas, como os professores de arte e física. Os alunos ocupantes montaram um cronograma em assembleia para as disciplinas que serão ministradas diariamente.

A escola está dividida entre dois movimentos: o Ocupa Cemso e o Descoupa Cemso — a favor e contra a ocupação. Segundo os jovens, há conversas constantes entre os alunos de ambos os posicionamentos, que são a favor do diálogo.

Os jovens da ocupação do Cemso estão recebendo todo tipo de doação: alimentos, água, colchões e cobertores. Há também auxílio jurídico de uma equipe de advogados, além de acompanhamento psicológico.

publicidade

publicidade