SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Comissão divulga vencedores do Prêmio Respostas Para o Amanhã

Dois projetos desenvolvidos por professores em escolas do Distrito Federal estão entre os 25 selecionados

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/11/2016 19:01 / atualizado em 04/11/2016 20:34

 

A Samsung Electronics anunciou os 25 projetos vencedores da etapa regional da 3ª edição do Prêmio Respostas para o Amanhã. O programa tem como objetivo incentivar professores e alunos da rede pública a encontrar soluções sustentáveis para problemas reais das comunidades onde as escolas estão instaladas. Para isso, as equipes devem por em prática conceitos das disciplinas biologia, física, matemática, química ou outras relacionadas às áreas das ciências da natureza e da matemática e suas tecnologias.

Dois projetos elaborados por professores e alunos do Distrito Federal estão entre os classificados na etapa regional. “Desenvolvimento de painéis de isolamento térmico para redução da temperatura na sala de aula”, levado adiante por Peter Faluhelyi, do Centro Educacional da Asa Norte (Cean); e “Sustentabilidade no processamento de alimentos com o uso do monjolo seriado”, proposto por Leonardo Marra Cruvinel, do Centro de Ensino Médio (CEM) 111 do Recanto das Emas.

O projeto vai além da competição, uma vez que o maior ganho está no desenvolvimento de ideias que possibilitem o progresso tecnológico em harmonia com a disponibilidade dos recursos naturais. Entre as temáticas trabalhadas, 23% envolvem resíduos sólidos e reciclagem, e 12% o cuidado com a água. Também estão presentes outras abordagens que tratam de saúde, segurança alimentar, energia, reflorestamento e desenvolvimento local.

Ideias de impacto


Leonardo se inscreveu com a turma do 3º ano, da qual é conselheiro, para viabilizar o projeto que constrói um monjolo. A engenhoca trabalha com o uso de energia limpa e renovável em que apenas a força da água movimenta a estrutura para, assim, moer e descascar alimentos como milho, café e arroz integral, por exemplo.

A adaptação proposta pela equipe permite que a produção seja seis vezes mais rápida e eficiente em termos de quantidade e qualidade. A proposta da equipe será compartilhada com chacareiros envolvidos com agricultura familiar na comunidade. Dessa forma, além de respeitar os recursos da natureza, a ideia leva em consideração a realidade social e geográfica da região, uma vez que córregos e rios são comuns.

O professor conta que a inscrição para o prêmio se deu após uma discussão com os alunos em sala de aula. “Como sou professor de física, sempre falo com os estudantes acerca do uso de energia elétrica. A partir da curiosidade sobre processamento de alimentos durante a Revolução Industrial, surgiu a discussão de como o tratamento de grãos poderia ocorrer sem o uso de eletricidade”, lembra.

Após o planejamento, um grupo de seis alunos montou o monjolo peça por peça para fazê-lo funcionar. Os demais estudantes da turma ficaram responsáveis pelo roteiro e pela filmagem de um vídeo de três minutos que será produzido junto aos chacareiros. Esse curta será apresentado na próxima etapa do concurso para retratar a viabilidade do projeto.

Sobre o concurso

Cada uma das 25 escolas que desenvolveram os projetos vencedores na etapa regional vão receber um notebook. Na próxima fase, os classificados serão avaliados pela comissão julgadora, que elegerá os cinco melhores projetos nacionais. Depois disso, o vencedor nacional será escolhido por meio de consulta pública no site do programa. A divulgação do campeão ocorrerá em 1º de dezembro de 2016.

A 3ª edição do Respostas para o Amanhã, promovido em parceria com o Cenpec (Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária), obteve um recorde de participação. Mais de 2.100 inscrições foram feitas em 2016, envolvendo cerca de 37 mil alunos, sob a orientação de aproximadamente 1.700 professores de escolas públicas de todo o Brasil.

A Samsung conta ainda com o apoio da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI), do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e da Rede Latino-americana de Organizações Sociais para a Educação (Reduca).

Confira a lista com os nomes dos projetos vencedores de cada uma das regiões do Brasil:

VENCEDORES REGIONAIS CENTRO-OESTE


Desenvolvimento de painéis de isolamento térmico para redução da temperatura na sala de aula

CEM ASA NORTE - CEAN

Prof. Peter Faluhelyi - 1º ano A

Brasília/DF

Produção de polímero biodegradável a partir da casca da batata (Solanum tuberosum): solução viável para diminuir o impacto ambiental

ESCOLA ESTADUAL PROFª FATIMA GAIOTTO SAMPAIO

Profª Tamiles Carvalho Fragnan - 2ª ano A

Nova Andradina/MS

Resíduos urbanos: transformando ideias brilhantes em ações concretas

LYCEU DE GOIANIA

Profª Luciane Gonçalves Pontes - 3º ano A

Goiânia/GO

Sistema de irrigação automatizado empregando sensor de umidade, reaproveitando água descartada de condicionadores de ar e fabricação de tijolos de poliestireno e gesso para uso em canteiro de hortaliças

COLÉGIO ESTADUAL DOM VELOSO

Profª Daiana Paula Duarte Teixeira - 3º ano B

Itumbiara/GO

Sustentabilidade no processamento de alimentos com o uso do monjolo seriado

CEM 111 DO RECANTO DAS EMAS

Prof. Leonardo Marra Cruvinel - 3ºAno I

Brasília/DF

VENCEDORES REGIONAIS NORDESTE


A presença da baronesa no rio Moxotó: problemáticas e possibilidades

ESCOLA DE REFERÊNCIA EM ENSINO MEDIO DE ITAPARICA

Prof. José Edilson Batista Diniz - 3º ANO A

Jatobá/PE

Pesticida com Azadirachia indica A. Juss (Nim Indiano)

EEEP MARIA DOLORES ALCÂNTARA E SILVA

Prof. Antônio Wlisses da Silva - 2º ano técnico

Horizonte/CE

Produção de papel artesanal da fibra da bananeira

COLÉGIO ESTADUAL SENADOR JOSE SARNEY

Profª Marines das Chagas Cutrin - 3º ano A

Santa Inês/MA

Redução de impactos ambientais como promoção do ecoturismo na floresta de Brejinho-Araripe-CE

EEEP VALTER NUNES DE ALENCAR


Prof. Jose Oreste de Oliveira - 3º Ano C

Araripe/CE

Sistema de filtragem e beneficiamento de águas cinzas para produção sustentável de alimentos

EEEP GUILHERME TELES GOUVEIA

Prof. Marcos Deames Araújo Silva - 2º ano técnico

Granja/CE

VENCEDORES REGIONAIS NORTE


Construção de um biodigestor urbano para produção de biogás e de lodo fertilizante (biofertilizante) para uso na cozinha e na horta orgânica da Escola Estadual Barão de Boca do Acre/AM

ESCOLA ESTADUAL BARÃO DE BOCA DO ACRE

Prof. Antônio Eduardo da Rocha Melo - 1º ano 1

Boca do Acre/AM

Diga não ao mosquito! (novo repelente natural)

ESCOLA ESTADUAL SETE DE SETEMBRO

Prof. Léo Jaime Viana Barbosa Chaves - 1º ano 121

Serra do Navio/AP

Educação & sustentabilidade: aproveitamento do óleo residual de andiroba (Carapa guianensis aubl) e do pericarpo de buriti (Mauritia flexuosa l.) na produção de sabonetes do tipo esfoliante

ESCOLA ESTADUAL SENADOR JOÃO BOSCO

Profª Célia Maria Serrão Eleutério - 3º Ano 2

Parintins/AM

Ensino sustentável: a compostagem como alternativa para a utilização dos resíduos sólidos orgânicos para a redução do volume de lixo na comunidade escolar

ESCOLA ESTADUAL BRANDÃO DE AMORIM

Profª Aldemira Jacaúna Machado - 2º ano 1

Parintins/AM


Manejo e conservação participativa de quelônios na terra indígena Andirá-Marau

IFAM - CAMPUS MAUES

Profª Darlene Cristina Maciel Saraiva - Proeja em Recursos Pesqueiros

Maués/AM

VENCEDORES REGIONAIS SUDESTE

Águar: proposta de captação e utilização da água oriunda dos processos de condensação de vapor em aparelho de ar condicionado

EEEFM WALLACE CASTELLO DUTRA

Profª Monica Lima Rodrigues Botelho - 3º ano V1

São Mateus/ES


Crotalária no combate a dengue

ESCOLA ESTADUAL ABRE CAMPO

Profª Norma Bedeti Latini Dias - 2º ano C

Abre Campo/MG


Doce que te quero rio!

EEEFM VILA REGÊNCIA

Profª Pollyanna Braga Machado - N1EJA

Linhares/ES

Implantação do cultivo de palmito juçara e pupunha pela cooperativa dos alunos, para reflorestamento de mata atlântica e geração de renda para a aldeia indígena Itapuã-Tupi Guarany no Vale do Ribeira-SP

ETEC ENG AGRONOMO NARCISO DE MEDEIROS


Prof. Paulo Bezerra da Silva Neto - 2º ano

Iguape/SP

Reaproveitamento da biomassa gerada por folhas e galhos das árvores na EE Culto à Ciência - pré-iniciação científica - folhas ao vento

ESCOLA ESTADUAL CULTO À CIENCIA

Profª Claudia Carla Caniati - 1ª ano A

Campinas/SP

VENCEDORES REGIONAIS SUL


Abacaxi de terra de areia: do plantio a novas alternativas de utilização da planta

ESCOLA ESTADUAL BÁSICA PROFESSORA ERICA MARQUES

Profª Camila Santin Konig - 3ºano 302

Terra de Areia/RS

AmbientAÇÃO - gerenciamento de resíduos sólidos

CENTRO EST. EDUC. PROFIS PEDRO B NETO

Profª Eloisa Antunes Pereira - 1° ano A

Cascavel/PR

Piso TIB - reutilização de thinner, isopor e borracha

COLÉGIO ESTADUAL PADRE COLBACHINI

Profª Géssica Lazzarotto Vivian - 2º ano 212

Nova Bassano/RS

Conexão Delta: investigando o ambiente

COLÉGIO ESTADUAL PEDRO II

Profª Gracieli Dall Ostro Persich - 3º ano 302

Santo Ângelo/RS


Recuperação e proteção de nascentes - um olhar sobre a biodiversidade do bioma pampa

ESCOLA TEC. EST. DR RUBENS DA ROSA GUEDES

Profª Diana Ferreira de Souza Madeira - 2º ano 2001

Caçapava do Sul/RS

Para mais informações sobre o Prêmio e os projetos selecionados, acesse o site


publicidade

publicidade