SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Senador defende MP da reforma do ensino médio

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 01/12/2016 18:53 / atualizado em 01/12/2016 18:57

O senador Pedro Chaves (PSC-MS), relator da medida provisória (MP 746/2016) da reforma do ensino médio na comissão mista que analisou a matéria, afirmou que o texto aprovado na quarta-feira (30) pela comissão foi produzido depois de ouvidos especialistas e representantes do setor. O relatório, disse ele, é democrático e as medidas trazem muitos benefícios para a comunidade escolar.

Após a aprovação na comissão mista, a MP seguiu para exame no Plenário da Câmara dos Deputados.

Entre as mudanças na MP aprovadas pela comissão, está a manutenção do ensino das artes e da educação física como disciplinas obrigatórias. Além disso, português e matemática serão obrigatórios nos três anos do ensino médio.

O senador afirmou que o ensino médio deve preparar os jovens para enfrentar uma economia dinâmica e estimular o empreendedorismo.

- Nossa educação deve ser elemento para a inclusão dos jovens, que são o futuro da nossa nação - disse.

O senador Pedro Chaves lembrou que dos 8 milhões de jovens que se matriculam no ensino médio, apenas 1,9 milhão concluem os estudos. Além disso, ele registrou que outros 1,7 milhão de 15 a 17 anos estão fora das escolas.

 

Agência Senado

publicidade

publicidade