Educação básica

R$ 67 milhões para Pacto pela Alfabetização e livros didáticos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/01/2017 20:07 / atualizado em 04/01/2017 20:50

O Ministério da Educação liberou nesta terça-feira, 7, R$ 56 milhões para o pagamento de bolsas do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. Os recursos serão enviados ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão vinculado ao MEC, que realiza o repasse aos bolsistas. A estimativa do FNDE é de que o número de beneficiários chegue a 190 mil.

 

O Pacto tem como objetivo apoiar os professores do ciclo de alfabetização no planejamento das aulas e no uso articulado dos materiais e das referências curriculares e pedagógicas oferecidos pelo ministério às redes de ensino participantes.

O programa é um compromisso formal assumido pelos governos federal, do Distrito Federal, dos estados e municípios para assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas até os oito anos de idade, ao final do terceiro ano do ensino fundamental.

 

Livro

O MEC também liberou, nesta quarta-feira, 4, outros R$ 11,79 milhões para pagamentos do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD). O valor será repassado ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), responsável por efetuar o pagamento às editoras e à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. Os livros e obras literárias adquiridos por meio do PNLD são distribuídos anualmente para escolas públicas de ensinos fundamental e médio, em todas as unidades da federação.

 

O PNLD tem como principal objetivo subsidiar o trabalho pedagógico dos professores por meio da distribuição de coleções de livros didáticos aos alunos da educação básica.

 

O programa é executado em ciclos trienais alternados. Assim, a cada ano o MEC adquire e distribui livros para todos os alunos de cada um dos seguintes segmentos: anos iniciais do ensino fundamental, anos finais do ensino fundamental ou ensino médio.

 

À exceção dos livros consumíveis, os livros distribuídos deverão ser conservados e devolvidos para utilização por outros alunos por um período de três anos.

 

O PNLD também atende aos alunos da educação especial com a distribuição de obras didáticas em braile de língua portuguesa, matemática, ciências, história, geografia e dicionários.

 

Portal MEC