Programa Escolas Transformadoras promove debate sobre BNCC

O debate será transmitido gratuitamente pela web e vai permitir a participação dos internautas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/04/2017 18:21 / atualizado em 28/04/2017 19:18

O Programa Escolas Transformadoras vai promover na terça-feira (2/5) o 2º encontro da série Escolas Transformadoras Debate com o tema Base Nacional Curricular Comum (BNCC).O debate ocorrerá ao vivo e será transmitido gratuitamente pela internet na página do programa no Facebook às 19h30. Os internatutas podem participar enviando perguntas aos convidados.
 

Participarão do debate dois representantes de escolas transformadoras: Moacir Fagundes de Freitas (Escola Municipal Anne Frank, de Belo Horizonte) e Fátima Limaverde, (diretora da Escola Vila, de Fortaleza). A superintendente do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), Ana Helena Altfender, é outra convidada.

 

A Base Nacional Comum Curricular é um conjunto de orientações que deverá nortear os currículos das redes públicas e particulares do país]. A Base deverá indicar as competências que os estudantes devem desenvolver e os conteúdos essenciais para o desenvolvimento deles.  Ou seja: dará, as escolas e aos professores, clareza sobre o que seus alunos devem aprender. O texto está sendo apreciado até dezembro pelo Conselho Nacional de Educação (CNE) e será encaminhado ao ministro da Educação, a quem compete homologar ou não as diretrizes do CNE - para que entrem em vigor.

O Escolas Transformadoras é um programa global promovido pela Ashoka, ONG que atua pela inovação social e é realizado no Brasil pelo instituto Alana, que atua em defesa da infância. O intuito do programa é conectar escolas com propostas de transformações sociais por todo o mundo.

Recentemente, a Escola Vivendo e Aprendendo, de Brasília (DF), foi a primeira escola de ensino infantil a ser reconhecida e inaugurou esta categoria no Programa Escolas Transformadores. A escola privada é uma associação cooperativa de ensino com uma proposta diferenciada de educação voltada ao desenvolvimento do indivíduo e do coletivo. Confira mais sobre a vivendo aqui.