SIGA O
Correio Braziliense

Seletivas do Futuro Campeão reúnem 450 jovens talentos no esporte

Resultado da seleção de atletas para composição das equipes de rendimento dos Centros Olímpicos e Paralímpicos do DF deve ser divulgado em 13 de junho de 2017

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/06/2017 19:52 / atualizado em 07/06/2017 20:05

Marcos Sousa/FAC/D.A Press

 

Cerca de 450 crianças e jovens de todo o Distrito Federal tiveram a chance de mostrar seu potencial em uma manhã dedicada à descoberta de talentos para o esporte em 3 de junho. Pela primeira vez, foram realizadas seletivas simultâneas do programa Futuro Campeão em 6 modalidades esportivas. Centenas de pais estavam presentes para dar apoio aos filhos no Centro Olímpico e Paralímpico da Estrutural. A iniciativa é uma parceria da Secretaria de Esporte, Turismo e Lazer do Distrito Federal e Fundação Assis Chateaubriand.


Os participantes foram avaliados nas perspectivas física e técnica, para identificação de possíveis integrantes para as equipes de rendimento em atletismo, ginásticas acrobática e rítmica, natação, vôlei sentado e tênis. Os técnicos de cada modalidade terão os próximos dias para fazer um ranking dos candidatos. A previsão é de que o resultado seja divulgado em breve, de acordo com a disponibilidade de vagas nas equipes. A lista com os nomes dos selecionados deve ser publicada no próximo dia 13 de junho, na página Esporte e Cidadania DF no Facebook. Aqueles que forem classificados serão convocados para efetivação da matrícula no programa Futuro Campeão.

Marcos Sousa/FAC/D.A Press

 

O retorno sobre a realização de seletivas simultâneas foi muito positivo, afirma Leandro de Carvalho, gerente de Centro Olímpico e Paralímpico pela Fundação Assis Chateaubriand. “Foi a primeira que realizamos uma seletiva única com todos os candidatos juntos no mesmo Centro Olímpico e Paralímpico (COP). Isso foi positivo não só para essas crianças e jovens terem a oportunidade de conhecer o Futuro Campeão, mas para verem como funcionam as seletivas de modalidades diferentes da que se inscreveram”, observa.

Leandro destaca ainda que desta vez foi possível ampliar a participação de alunos de outros Centros Olímpicos, com a disponibilização de ônibus vindos das unidades de Ceilândia, Riacho Fundo, Samambaia, São Sebastião e Sobradinho. “Antes, quando as seletivas eram feita no Centro Olímpico onde o treinamento era realizado, a abrangência de participação acabava se limitando às pessoas daquela região administrativa. Com a centralização das seletivas, todos os COP puderam participar com alunos de praticamente todas as modalidades. Nosso papel como instituição que executa uma política pública de esporte é oferecer oportunidades e assim ampliamos a capilaridade do programa”, ressaltou.

 

Marcos Sousa/FAC/D.A Press
 

 

Valorização do potencial humano

A secretária de Esporte, Turismo e Lazer do DF, Leila Barros, comemorou a adesão da comunidade às seletivas simultâneas. “Atingimos nossa expectativa. Aqui dá para notar o potencial humano que Brasília tem para a prática esportiva. Fico feliz de ver os pais presentes nessa ação junto com os filhos. Nosso trabalho no Futuro Campeão é garimpar expoentes, futuros atletas que irão suprir não só as seleções de Brasília, mas também disputar campeonatos pelo Brasil. Acima de tudo, é o intuito do esporte, a inclusão social, trabalhar o foco, autoestima, disciplina. Essa compreensão dos pais, dos responsáveis, dos professores, da Fundação, só me enche de alegria. Isso é uma grande missão que todos abraçaram e está dando certo. É um lindo projeto, promissor, fruto de uma rede de pessoas comprometidas com os jovens da cidade, entendendo a importância e as atribuições dessa força que é o esporte.”

Depoimentos de quem participou

Moradora de Vicente Pires, a jovem Maria Luiza Cardoso, 16 anos, quis testar suas habilidades em ginástica acrobática e atletismo. “Achei legal darem oportunidade para crianças talentosas mostrarem seu talento e representar o Brasil. Escolhi as duas modalidades porque tenho flexibilidade, fiz quatro anos de ginastica e sou boa na corrida. Tentei fazer meu melhor”, disse a garota, que estava acompanhada do pai.

 

Marcos Sousa/FAC/D.A Press
 

 

Já Guilherme Oliveira, 13 anos, veio de Samambaia para tentar uma vaga no time de natação. “Eu sonho em ser atleta. A chance de estar aqui é muito legal”, disse. Para Hellen Cristiane Gonçalves, 30, mãe de Ana Júlia Gonçalves, aluna de Ceilândia, o apoio da família é fundamental.  “A gente está investindo nela para ver se tem um futuro na ginástica rítmica. Sempre a acompanho nas competições”, conta a mãe.

Forma de avaliação reconhecida

A técnica do Futuro Campeão de ginástica acrobática na Estrutural, Marcelle Rodrigues, avalia que o evento foi um sucesso. “A gente fica muito feliz com essa participação da comunidade local e de outras cidades. Houve uma boa procura pela ginástica acrobática, que não é tão conhecida ainda, e nossa intenção é que dissemine ainda mais a modalidade. As expectativas são ótimas. Conseguimos visualizar talentos em algumas crianças e jovens e, a certo prazo, é possível visualiza-los em competições de alto nível após uma preparação na equipe.”

Coordenador do Núcleo de Massificação Brasília do Instituto Tênis, o ex-tenista Carlos Chabalgoity acredita que a melhor forma de se identificar talentos na modalidade é a partir de avaliações motoras, como foi feito nas seletivas do Futuro Campeão. “É muito importante avaliar as capacidades motoras, velocidade, agilidade e coordenação, e direcionar a criança para onde ela tem mais potencial, se é mais forte, mais rápida, mais ágil. No caso do tênis, foram 4 ou 5 estações que estão em cima das habilidades necessárias para a modalidade. É uma forma feita no mundo todo. Na Rússia, já fazem há muitos anos. A estrutura dos Centros Olímpicos dá muito certo. Temos que juntar a parte social do esporte, mas canalizar o funil para pegar os melhores e dar uma oportunidade diferente.”

Colaborou Marcos Sousa

Resultado das seletivas Futuro Campeão
Data prevista: 13 de junho de 2017

Informações: www.facbrasil.org.br e www.facebook.com/esportecidadaniadf
Acompanhe as novidades nas redes sociais

www.facebook.com/esportecidadaniadf
www.facebook.com/fundacaoassischateaubriand
www.twitter.com/fachateaubriand
www.linkedin.com/company/fundação-assis-chateaubriand