Encceja

Exame de certificação estimula jovens e adultos a concluírem os ensinos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 30/06/2017 20:05

Desde muito novo, o estudante Leonardo Brunis teve que fazer escolhas que o impediram de estudar. Depois de cerca de dez anos longe da escola, que largou aos 18 anos de idade quando cursava o sétimo ano pela enésima vez, decidiu voltar para a sala de aula. E, agora, está determinado a deixar a escola apenas quando concluir seus estudos. Aos 27 anos, o morador da Cidade Industrial de Curitiba quer avançar por meio do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). O exame será aplicado em outubro.

 

Leonardo teve que optar muito cedo por trabalhar para ajudar a mãe, que enfrentava problemas com a dependência química. O pai, nunca conheceu. As questões familiares acabaram influenciando sua decisão em não seguir com os estudos, da qual se considera arrependido hoje, já que acredita que sua vida teria sido diferente.

 

Mas o estudante prefere olhar para frente e, com o incentivo dos professores, cursa o oitavo e nono anos, no Centro Estadual de Educação Básica para Jovens e Adultos, em Campo Comprido (PR). Leonardo tem planos para depois da certificação pelo Encceja. “Dessa vez, vou terminar o ensino médio; quero fazer faculdade de psicologia”. A escolha decorre da percepção de que há muitas pessoas “desanimadas” com seus trabalhos e Leonardo quer usar a psicologia para incentivar outros a buscarem realização.

 

Edital

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou na última segunda-feira, 26, o cronograma do Encceja para este ano, que será realizado no Brasil e no exterior. A publicação do edital está prevista para 24 de julho e as provas no Brasil devem ser realizadas no dia 8 de outubro. Já o edital voltado àqueles que estão no exterior foi publicado nesta sexta-feira, 30, com provas em 10 de setembro para o público regular e de 11 a 22 de setembro em unidades prisionais.

 

Com as melhorias no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) anunciadas após consulta pública, no início deste ano, a função de certificação do ensino médio voltou para o Encceja, como ocorria até 2009. O exame também será aplicado para a certificação do ensino fundamental.

 

Podem se inscrever pessoas com, no mínimo, 15 anos de idade completos na data da realização das provas que desejam a certificação do ensino fundamental. Aqueles que queiram pleitear a certificação do ensino médio terão que ter, no mínimo, 18 anos completos no dia do exame.

 

As provas serão aplicadas em um único dia, nos turnos matutino e vespertino. Cada avaliação será composta por 30 itens de múltipla escolha com quatro alternativas de resposta. O Encceja é voluntário e gratuito. O Inep é responsável pela elaboração das provas, gestão da aplicação e correção. A emissão dos documentos certificadores é de responsabilidade da secretaria estadual de educação ou instituição educacional que firmar termo de adesão com o Inep.

 

Mais informações sobre o exame estão disponíveis no portal do Inep.

Acesse o edital do Encceja Exterior 2017 na edição desta sexta-feira, 30, do Diário Oficial da União.