Educação básica

Escolas particulares poderão aderir a sistema de avaliação

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/07/2017 18:32

Em recente reunião com representantes da Federação Nacional das Escolas Particulares (Fenep) e do Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos Particulares de Ensino (Sinepe) de vários estados, Maria Inês Fini e Luana Bergmann – presidente e diretora de Avaliação da Educação Básica do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) – falaram sobre a adesão das escolas particulares ao Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saaeb) 2017. Mediado pela professora Amábile Passos, ex-presidente da Fenep, o encontro foi realizado nesta quinta, 6, por meio de videoconferência.

 

O Saeb 2017 ampliou sua população-alvo, passando a ser censitário para as escolas públicas que oferecem a última série do ensino médio. Pela primeira vez, as escolas particulares poderão aderir à avaliação para aferir o desempenho dos seus estudantes, a carreira dos seus professores e a estrutura da escola em si, dentre outras variáveis. Outra inovação é que as instituições particulares participantes que cumprirem os critérios terão seu Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) calculado.

 

Adesão

A participação no Saeb é obrigatória para as escolas públicas e facultativa para as instituições privadas. Para avaliar melhor sua realidade, as instituições de ensino precisam, além de dez alunos matriculados na terceira ou quarta série do ensino médio, ter preenchido o Censo Escolar 2016 e participar do Censo Escolar 2017, que coleta os dados da Matrícula Inicial até 31 de julho.

 

No caso das escolas particulares, é preciso, ainda, acessar o sistema de adesão no portal do Inep, preencher as informações solicitadas e gerar a Guia de Recolhimento da União (GRU). A taxa de adesão é fixada em valores de R$ 400, para escolas com dez a 50 alunos matriculados na terceira ou quarta série do ensino médio), R$ 2 mil (51 a 99 alunos matriculados) e R$ 4 mil (a partir de 100 alunos matriculados). O período de adesão das escolas privadas termina na próxima sexta-feira, 14.

 

Saeb

O Sistema Avaliação Educação Básica, por meio da coleta de dados nos sistemas de ensino e escolas brasileiras, avalia a qualidade da educação nacional, oferecendo subsídios para a formulação, reformulação e monitoramento das políticas educacionais. Os instrumentos do Saeb 2017, a serem aplicados entre 23 de outubro e 3 de novembro, compreendem testes de língua portuguesa e matemática, além de questionários de estudante, professor, diretor e escola. A aplicação dura um dia em cada escola e é feita durante o período letivo.

 

 Escolas interessadas em fazer a adesão podem acessar a página do Inep.