Educação especial

UFMG promove congresso sobre estudantes com deficiência

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/08/2017 19:41

A Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), promove, de 13 a 15 de setembro, o 1º Congresso Mineiro de Educação Especial e Inclusão Escolar. O objetivo é aprofundar a reflexão sobre processos educativos e práticas pedagógicas que contribuem para tornar a escola uma instituição acessível a crianças e jovens com deficiência e necessidades educacionais especiais.

 

Pesquisadores, professores, profissionais da área de educação, comunidade acadêmica e demais interessados, podem participar do debate. Um dos temas previstos é a inclusão escolar desses alunos especiais, com deficiências como o autismo e as altas habilidades (superdotação), nos diferentes níveis e modalidades de ensino, por meio do diálogo e articulação com projetos de professores, técnicos e estudantes, nos diversos campos de conhecimento.

 

“Minas Gerais ainda é um estado carente nesse tipo de discussões. Assim, eventos desse tipo são importantes para se debater pesquisas que promovam a acessibilidade e inclusão escolar, além de divulgar estudos que desenvolvam novas ferramentas e metodologias de ensino voltadas para as pessoas com deficiência e necessidades educacionais especiais”, explica a professora Regina Célia Passos Ribeiro de Campos, coordenadora do Grupo Interdisciplinar de Estudos sobre Educação Inclusiva e Necessidades Educacionais Especiais (Geine) da UFMG. Ela é uma das organizadoras do congresso. “É importante reforçar que todas as pessoas que participarem do congresso receberão um certificado da UFMG”, observa ela.

 

O Geine oferece 250 vagas e os interessados podem se inscrever até 8 de setembro, na página eletrônica do grupo. Nesse endereço também é possível acompanhar toda a programação do congresso. As oficinas serão realizadas no Auditório Neidson Rodrigues, na Faculdade de Educação da UFMG.

 

Pessoas com necessidades especiais devem informar, previamente, qual tipo de apoio necessitam. Já os candidatos interessados em submeter o seu trabalho precisam enviar o resumo da obra até 1º de setembro por mensagem eletrônica.

Acesse a página eletrônica do Geine