Comissão aprova o tema 'combate à violência contra a mulher' nas escolas

Deputada do PT é autora do projeto que visa combater a violência contra a mulher por meio do ensino

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/11/2017 19:53 / atualizado em 29/11/2017 19:58

A Comissão de Educação (CE) da Câmara Federal aprovou, nesta quarta-feira (29), o Projeto de Lei (PL 2805/15), que propõe incluir o tema “combate à violência contra a mulher” na programa pedagógico das escolas da rede de educação básica do país. A proposição segue, agora, para análise da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania.

De acordo com a autora do projeto, deputada federal Erika Kokay (PT-DF), apesar da relevância da Lei Maria da Penha, o Brasil ainda está na 5ª posição entre os países que mais matam mulheres.

Números da violência

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o número de feminicídios no Brasil chega a 4,8 para cada 100 mil mulheres. O Mapa da Violência de 2015 revela que, entre 1980 e 2013, 106.093 pessoas morreram pela condição de ser mulher. Na maioria das vezes, os próprios familiares (50,3%) ou parceiros/ex-parceiros (33,2%) são os autores dos crimes.