SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Dilma diz que ensino técnico é caminho para aumentar competitividade

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 14/11/2012 17:38 / atualizado em 14/11/2012 18:56

A presidente Dilma Rousseff disse nesta quarta-feira (14) que o governo quer acertar cada vez mais parcerias com setores privados para ampliar o número de vagas no ensino profissionalizante. Dilma Rousseff salientou que essa união “dá um passo para assegurar mais competitividade ao país [no mercado internacional]”.

“Agregar conhecimento é o grande diferencial do século 21”, disse, ao discursar na 7ª Olimpíada do Conhecimento, evento que prossegue até o próximo dia18, no Pavilhão de Exposições do Parque Anhembi, na zona norte da cidade.“São momentos como este que mostram que o nosso país vem avançando no modo correto, que é o rumo da educação,”acrescentou.

Para a presidente, tem sido exitoso o investimento no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), instituído em parceria com o Sistema S (Sesi, Senai, Senac e Sesc), na formação de jovens em cursos técnicos profissionalizantes. De acordo com a presidenta, a meta é ofertar 8 milhões de vagas até 2014. A abertura da maior parte dos 2,2 milhões de vagas, em pouco mais de um ano, ocorreu graças à parceria com a indústria.

Durante a visita da presidente, foi assinado documento para que São Paulo sedie a Competição Mundial de Formação Profissional, WorldSkills, em 2015. Dos 640 estudantes que participam da Olimpíada, 42 serão selecionados para a edição do evento do ano que vem, em Leipzig, na Alemanha, quando 216 estudantes de 20 países das Américas irão disputar em 34 ocupações profissionais. Na edição anterior, em Londres, o Brasil ficou em segundo lugar, atrás apenas da Coreia do Sul.

Tags:

publicidade

publicidade