SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

MEC e MJ anunciam a oferta de 90 mil vagas a presidiários no Pronatec

Só neste ano serão 35 mil vagas. Participarão do programa institutos federais de educação, unidades do sistema S e escolas técnicas estaduais

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/02/2013 11:50 / atualizado em 07/02/2013 11:16

Renata Mariz

Iano Andrade/CB/D.A Press - 5/12/2012
O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, e ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, anunciaram, nesta quinta-feira (7/2), a oferta de 90 mil vagas a presidiários no âmbito do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

Estão previstas 35 mil vagas para este ano. Os beneficiários serão selecionados pelo Ministério da Justiça e encaminhados aos cursos em unidades de ensino credenciadas pelo MEC. Participarão do programa institutos federais de educação, unidades do sistema S e escolas técnicas estaduais. O objetivo é ampliar o número de presos que estudam.

Hoje, somente 10% dos cerca 520 mil tem acesso a educação no país. Além disso, 63% do total de detentos são analfabetos ou semialfabetizados."É uma porta para que se possa recuperar pelo menos uma parte da população carcerária. Podemos ver pelas estatísticas que o presidio é o destino da juventude brasileira pobre, analfabeta ou semialfabetizada", disse Mercadante.

publicidade

publicidade