SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Dilma inaugura câmpus de instituto e elogia opção de formandos do Pronatec

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 09/08/2013 15:55

A presidenta da República, Dilma Rousseff, inaugurou nesta sexta-feira, 9, o câmpus de Osório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS). Durante a cerimônia, Dilma e o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, participaram da formatura de 430 estudantes do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

Aos formandos, a presidenta afirmou que o momento era de conquista. “É uma opção correta que vocês fizeram por um curso, por se especializar, por se aprimorar”, disse Dilma. “Ao fazermos o Pronatec, procuramos qualificar ao máximo os nossos cursos, tanto por meio dos institutos federais quanto com a parceira com o Sistema S.”

A unidade de Osório, município gaúcho a 95 quilômetros de Porto Alegre, começou a funcionar em agosto de 2010, em área provisória, cedida pela prefeitura. Em janeiro último, passou a usar as novas instalações. Nesta sexta-feira, foram inaugurados três edifícios, que abrigam administração, biblioteca com mais de três mil títulos, auditório para 300 pessoas, salas de aulas, laboratórios de informática e o Núcleo de Apoio a Pessoas com Necessidades Especiais (Napne).

O câmpus oferece ensino médio integrado ao ensino técnico em informática e administração; ensino técnico subsequente em administração, informática e guia de turismo; curso superior de tecnologia em processos gerenciais. Por meio do Pronatec, são ministrados cursos de agente de informações turísticas, vendedor, auxiliar de recursos humanos, monitor de recreação, língua brasileira de sinais (libras), inglês e espanhol básicos.

Em seu pronunciamento, o ministro Mercadante destacou os investimentos do governo federal na oferta de cursos técnicos, tecnológicos e profissionalizantes. “Esses cursos aumentam a eficiência da economia e melhoram a carreira profissional e a remuneração das pessoas”, disse. “Até o fim do governo Dilma, metade de todas as vagas de universidades federais será destinada a alunos da escola pública.”

O Pronatec foi criado em 2011 para expandir, interiorizar e democratizar a educação profissional e tecnológica, com a meta de ofertar 8 milhões de vagas até 2014. Desde o lançamento, em 2011, o programa já abriu 4 milhões de vagas em cursos técnicos e de formação inicial e continuada.

Tags:

publicidade

publicidade