SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Estudantes brasileiros participam da maior feira de ciências do mundo

Na próxima semana, 30 alunos de ensino médio e técnico desembarcam em Pittsburgh (EUA) para apresentar projetos na Intel Isef

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/05/2015 12:48 / atualizado em 04/05/2015 14:18

Juliana Espanhol

Arquivo pessoal
Uma comitiva de 30 estudantes de ensino médio e técnico brasileiros representará o país na maior feira de ciências pré-universitária do mundo a partir do próximo domingo (10) em Pittsburgh, nos Estados Unidos. A Intel Isef (Intel International Science and Engineering Fair) reúne mais 1,6 mil jovens cientistas até 15 de maio. Além de apresentarem projetos e vivenciarem um intercâmbio cultural, os alunos concorrem a 4 milhões de dólares em prêmios e bolsas de estudo.

Os participantes brasileiros são responsáveis por 18 projetos, selecionados nas duas feiras de ciências associadas no país: a Mostratec, realizada pela Fundação Liberato, e a Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), promovida pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli/USP). Os temas são variados, com projetos sobre nutrição, saúde, educação, meio-ambiente, entre outros. Foram selecionados alunos de nove estados: Bahia, Ceará, Mato Grosso do Sul, Pará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. Os custos de viagem dos estudantes são inteiramente financiados pela Intel do Brasil.

As estudantes Gabriela Bronca Lopes e Vitória Müller Gerst, de 17 anos, estão animadas. Elas são alunas do curso técnico integrado ao ensino médio em química da Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha, de Novo Hamburgo (RS). Com projeto que desenvolve um detergente para uso em órgãos que serão transplantados, reduzindo os riscos de degeneração e de rejeição de tecidos, elas participam pela primeira vez da feira.

“Estamos bem felizes em representar o Brasil. Nós estamos nos preparando desde outubro do ano passado para aprimorar o projeto e treinar o inglês para a apresentação”, conta Vitória. “Acho que a participação na feira vai nos ajudar no futuro pois vamos entrar na faculdade com uma experiência de já ter apresentado um projeto de pesquisa. Essa também é uma chance de treinar o inglês e fazer um intercâmbio cultural”, diz Gabriela. As duas foram escolhidas depois de participarem da feira Mostratec.

Oportunidades


"Nos últimos anos, o Brasil tem se fortalecido como um importante produtor de ciência, e os nossos cientistas estão cada vez mais jovens. A participação de tantos projetos brasileiros anualmente na Intel Isef é reflexo dessa conquista, além da prova de que também produzimos pesquisa relevante e sofisticada", afirma Fernanda Sato, gerente de Educação da Intel do Brasil. A empresa já levou 750 estudantes brasileiros ao evento, que é realizado desde 1950. Aberta ao público, a feira recebe cerca de 60 mil visitantes por ano. “Às vezes os alunos se surpreendem por encontrar cientistas que ganharam um prêmio Nobel perguntando sobre o projeto deles”, diz Sabrina. Antes de chegar aos EUA, os participantes brasileiros também passarão por um semana de orientação e coaching na sede da Intel em São Paulo.

Em edições anteriores da Isef, projetos brasileiros foram premiados. Em 2013, o estudante Tulio Vinicius Andrade Souza, de Recife, conquistou o 3º lugar do prêmio principal, na categoria ciências sociais e do comportamento, no valor de mil dólares. No ano passado, os estudantes Gabriel Chiomento da Motta e Raíssa Müller, de Novo Hamburgo (RS) receberam uma menção honrosa e seus nomes serão foram usados para identificar novos asteroides descobertos pelo MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts), em reconhecimento pela vitória na feira. Os estudantes conquistaram o 2° lugar no Grand Award.

Arquivo pessoal
A estudante Juliana Marinho, 19, tem se preparado junto aos colegas Marcus Vinicius Pereira e Letícia Adão Gomes, 18 anos, para apresentar um projeto sobre um agrotóxico natural que também funciona como fertilizante e não faz mal à saúde. “A gente já considera a participação na feira como um prêmio. Ganhar uma premiação será uma surpresa muito boa, estamos dando o nosso melhor”, diz a aluna. Os três fazem curso técnico de química integrado ao ensino médio no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ) e foram selecionados a partir da Febrace.

Feiras associadas

Anualmente, a Intel conta com feiras locais parceiras em todo o mundo para selecionar os projetos mais relevantes e inovadores em diversas áreas de conhecimento. No Brasil, duas feiras são oficialmente associadas: a Mostratec (Novo Hamburgo – RS) e a Febrace (São Paulo – SP).

A 29ª edição da Mostratec, realizada entre 28 e 31 de outubro de 2014, recebeu 370 projetos. A Mostratec firma convênios com universidades e empresas públicas e privadas, que encaminham professores e profissionais pesquisadores para integrarem as bancas de avaliadores. A 13ª edição da mostra de projetos da Febrace ocorreu entre os dias 17 e 19 de março, na Poli/USP. Mais de 330 projetos desenvolvidos por estudantes de todo o Brasil participaram do evento.

Conheça os projetos da delegação brasileira
Finalistas da Febrace


Rio Grande do Sul
Reaproveitamento de subprodutos agroindustriais no desenvolvimento de produto enriquecido com fibras para celíacos
Estudante: Alessandro Hippler Roque
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul – Câmpus Osório
O estudante desenvolveu produtos de panificação voltados para pessoas com doença celíaca, uma desordem sistêmica autoimune, cujo tratamento consiste em uma dieta isenta de glúten e uma ingestão de nutrientes, especialmente fibras, menor do que a de pessoas com dietas tradicionais. Os componentes utilizados foram farinha da casca do abacaxi (FCA), farinha da banana verde (FBV) e polvilho. O produto contém 8,6% de fibra e é 170% mais barato que o produto similar com menor preço encontrado no mercado.

São Paulo
Vias e processos biológicos de genes associados ao transtorno obsessivo compulsivo (TOC) em estudos de família
Estudante: Eric Grosman Radu Halpern
Escola Antonietta e Leon Feffer
O projeto é um estudo com objetivo de observar as vias e processos biológicos de genes associados com o TOC (transtorno obsessivo compulsivo) em estudos de família e meta-análise e com isso, priorizar os genes candidatos já descritos e possivelmente encontrar novos genes candidatos.

Bahia
Fortalecimento da identidade negra e quilombola em Antônio Cardoso (BA)
Estudantes: Beatriz de Santana Pereira e Thayná dos Santos Almeida
Colégio Estadual Antônio Carlos Magalhães
A dupla apresenta uma ação de intervenção sobre o fortalecimento da identidade negra e quilombola na cidade de Antônio Cardoso (BA), utilizando-se da investigação científica, por meio de estudos com os alunos e de atividades de campo. Foram realizadas entrevistas e visita a uma antiga fazenda que serviu ao sistema escravocrata, houve exibição do documentário Quilombos da Bahia e leituras complementares sobre a temática. Por meio dessas ações educacionais, focada na construção da afirmação da identidade negra e quilombola, do pertencimento racial e do respeito à diversidade, o Colégio Estadual Antonio Carlos Magalhães (CEACM), promoveu de forma ativa a integração da escola à comunidade onde está alocada e promoveu a inclusão da temática na construção do Projeto Político Pedagógico da unidade escolar.

Rio de Janeiro
Síntese de herbicida e fertilizante natural derivado da carvona
Estudantes: Juliana dos Santos Lopes Marinho, Marcus Vinicius Pinto Pereira Junior e Letícia Adão Gomes
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro – Câmpus Maracanã
O projeto consiste na união de uma síntese orgânica e experiências biológicas, com intuito inicial de fazer uma síntese de um derivado de carvona. O produto formado foi determinado por infravermelho, ressonância magnética nuclear do hidrogênio e carbono, cromatografia em camada fina, cromatografia gasosa e espectrometria de massa. O produto controla a Bidens pillosa (picão preto, uma erva daninha), favorece a germinação e o crescimento, e reduz o tempo de plantio.

São Paulo
Revestimento polimérico para a redução da poluição de lavagens de lastro no oceano
Estudantes: Gustavo Souza Bastos, Felipe Rodrigues Galhardo e Alex Vieira Alencar
Sesi 397 Centro Educacional
O projeto tem como foco amenizar de forma expressiva a poluição por resíduos de petróleo que saem dos tanques de navios cargueiros durante a lavagem. Para isso, o grupo propõe um revestimento interno dos tanques utilizando um polímero que apresenta aversão a óleos devido à sua polaridade. Essa aplicação garante um alto custo-benefício devido ao baixo valor de obtenção, a médio e longo prazo permite alta rentabilidade para quem utiliza por questões de aproveitamento de material, além de evitar multas por danos ao meio ambiente.

Mato Grosso do Sul
Desenvolvimento de um termociclador de baixo custo para amplificação de DNA
Estudante: Luiz Fernando da Silva Borges
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Mato Grosso do Sul - Câmpus Aquidauana
O projeto visa tornar o termociclador, aparelho utilizado em laboratórios de biologia molecular para a amplificação de DNA por meio da técnica da PCR (reação em cadeia da polimerase), acessível a universidades, centros de pesquisa e clínicas de diagnóstico médico. O aparelho convencional custa em média R$ 29 mil, contra o termociclador de R$ 1,5 mil desenvolvido pelo estudante, a partir da sutlizaçãi de componentes que apresentaram funcionamento e desempenho semelhantes, no entanto, com preço comercial, valor de manutenção e custo dos exames clínicos associados a ele inferiores.

Maranhão
Potencial medicinal, composição fitoquímica e identificação de compostos bioativos em extratos do estigma de Zea mays L.
Estudante: Matheus dos Santos Passo
Escola Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão - Câmpus Imperatriz
O estudo visa compostos bioativos nos extratos do estigma, conhecidos popularmente como cabelo, barba ou boneca, do milho Zea mays L.(o terceiro cereal mais cultivado do planeta), a partir de suas propriedades químicas e farmacológicas, verificando o seu potencial medicinal. Os resultados apontam para a ação diurética, antioxidante e anti-inflamatória no estigma do milho, tendo também o efeito de vaso dilatação pela ativação da microcirculação, como também a ação anti-inflamatória pela absorção dos metabólitos, identificando o potencial dos estigmas no combate à celulite.

São Paulo
Busca por novas moléculas envolvidas no escape tumoral: modulação do FASL (CD95L) por mediadores lipídicos em linfócitos - fase I
Estudante: Giulia Maria Ramella
Instituto de Ciências Biomédicas de São Paulo
O projeto tem como objetivo verificar qual o mecanismo de ação da prostaglandina E2 (PGE2), um mediador lipídico relacionado a inúmeros processos no nosso organismo, baseando-se no fato de que a célula NK (Células natural killer) age, também, pelo contato direto do FASL ao FAS, levando à morte por apoptose da célula alvo. Assim, pretende-se cultivar células YT (NK) e após a ativação e tratamento com PGE2 verificar, por meio de qPCR, se essa molécula foi capaz de modular a produção de FASL na superfície das respectivas células.

Mato Grosso do Sul
AutoGuardian: monitoramento e análise de dados automobilísticos para simulação de sinistros
Estudantes: Mariana da Silva Chermont e Bruna Luzia Almeida Rodrigues
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Mato Grosso do Sul - Câmpus Nova Andradina
O projeto consiste na implementação de um dispositivo que envie uma mensagem via satélite para solicitar socorro em caso de acidente automobilístico, visto que muitos acidentes ocorrem em locais de conexão celular limitada, e o tempo entre o choque e os primeiros socorros é essencial para evitar qualquer possível sequela ou óbito. Além disso, o dispositivo faz uma simulação tridimensional do ocorrido,por meio da extração de dados fundamentais, como alteração da inclinação ou rotação do volante, freio, acelerador, acionamento das setas e utilização de alguns sensores, gerando um elemento a mais para o perito embasar a sua análise sobre o acidente.

Finalistas da Mostratec

Ceará
SOS seca: semeando vida no semiárido cearense através de sistemas de captação e dessalinização de água de baixo custo
Estudante: Maria Vanessa Oliveira Teodósio e Fátima Natanna de Miranda
Escola Estadual de Educação Profissional Júlio França
O projeto tem como objetivo apresentar um plano efetivo de combate a seca, o SOS Seca, que visa à construção de formas cooperativas de um sistemas de captação e de dessalinização de água de baixo custo com foco em aspectos ambientais, sociais e econômicos. Os resultados da pesquisa comprovam que os sistemas de captação e de dessalinização de água são alternativas eficientes no combate à seca e configuram uma medida proativa com efeitos imediatos sobre o sofrimento de 95% da população cearense.

Ceará
Ação sinergética de antiviral natural

Estudante: Helyson Lucas Bezerra Braz
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - Câmpus Limoeiro do Norte
O projeto desenvolveu uma polpa de acerola, caju e goiaba adicionada de o óleo extraído da semente da romã como antigripal, resultando no aumento da defesa imunológica contra diversos vírus, em específico o Influenza.

Mato Grosso do Sul
Solução metereológica para agronegócios
Estudantes: Pedro Otávio Liberato Rocha, Lucas Moraes e Eduardo da Silva Campos
Colégio Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul
O projeto tem como objetivo desenvolver um protótipo de miniestação meteorológica, utilizando as tecnologias para coletar e formatar dados considerados importantes na produtividade, disponibilizando-os de forma automatizada, de fácil leitura e entendimento a um custo reduzido se comparado a produtos similares existentes no mercado.

Santa Catarina
Impacto ambiental da pesca artesanal

Estudantes: Maurício Antonio Goetten e Afonso Bosse
Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Santa Catarina
O projeto tem como objetivo alertar para o impacto ambiental causado pela pesca artesanal motorizada dirigida ao camarão sete-barbas em Penha (SC). Foram realizadas coletas mensais, entre agosto de 2013 e julho de 2014, em que a proporção peixe/camarão entre os pescados foi de 6,52/1kg. Com os dados, fica provado o impacto da pesca artesanal de arrasto do camarão sete-barbas sobre outras espécies, pois a captura dos peixes supera em mais de 6,5 vezes a espécie alvo. Com isso, o estudo poderá servir como indicativo para a adoção de políticas públicas para o manejo e conservação dos recursos marinhos.

Rio Grande do Sul
Software de auxílio na produção de textos narrativos
Estudante: Bibiana da Costa Davila
Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha - Novo Hamburgo - RS
O projeto tem como objetivo criar uma plataforma que os auxilie alunos de séries iniciais do ensino fundamental na produção de textos. O software foi desenvolvido para a web, de modo que fosse funcional independentemente do hardware ou sistema operacional utilizado e também para possibilitar maior interatividade entre os usuários. O projeto buscou focar-se na estrutura narrativa, para isso, criou-se um ambiente em que o texto é escrito em partes, cada uma correspondente a um momento do texto narrativo: situação inicial, nó desencadeador, reação ou avaliação, desenlace e situação final. Ainda foram disponibilizadas para cada uma das partes dicas, explicações e exemplos, e, em todo o software, a correção ortográfica - que grifa palavras erradas de acordo com a língua do navegador.

Rio Grande do Sul
Obtenção composto de alternativa para uso como detergente na descelurização de órgãos
Estudantes: Vitória Müller Gerst e Gabriela Bronca Lopes
Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha - Novo Hamburgo - RS
O projeto visa à obtenção de um composto alternativo – que mantivesse a propriedade zwitteriônica e garantisse obtenção facilitada, por meio de matéria-prima natural e reações orgânicas de modificações simples – para o processo de descelularização de órgãos, que consiste na retirada do material genético do órgão doador, a partir de uma solução detergente, e posterior repovoamento com as células do receptor, evitando assim a rejeição.

Rio Grande do Sul
Influência do EVA (etileno vinil etilo-) resíduos agregado leve em argamassas álcali-activados

Estudantes: Rafael Flores e Lucas Engelmann Flores
Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha - Novo Hamburgo - RS
O projeto pretende avaliar a viabilidade técnica do uso de resíduos de EVA como agregado leve em matrizes à base de argamassas álcali-ativadas, visando o desenvolvimento de elementos não estruturais para a construção civil. Em síntese, o projeto pode afirmar que a substituição da areia pelo resíduo de EVA na produção da argamassa álcali-ativada gera resultados positivos segundo as normas da construção civil.

Pará
Transformando os resíduos do buriti em ração para suínos e carvão ativado II - estudo da viabilidade social e redução de impacto ambiental
Estudante: Maurício Pantoja
Escola Bom Jesus
Os objetivos do projeto são a valorização do buritizeiro e a reutilização de seus resíduos na produção de carvão ativado e rações para animais, gerando emprego e renda na região amazônica. No projeto esses resíduos passaram por um processo de secagem e desfibrilação, transformando a bucha (mesocarpo) em ração animal e por meio da queima da amêndoa (semente) em um forno de barro se obteve carvão. Foi feito um estudo da viabilidade social e ambiental da mobilização econômica que a pesquisa gera na região, com o desenvolvimento de oficinas para a capacitação dos agricultores em colheita e beneficiamento de sua produção.

São Paulo
Encrypta: caos e criptografia - um software baseado em mapa logístico
Estudante: Felipe Frid Buniac
Escola Antonietta e Leon Feffer
O projeto desenvolveu de um sistema de criptografia de mensagens de texto utilizando o mapa logístico e está relacionado com a proteção de conjuntos de dados. Após estudos baseados na teoria do caos e em sistemas de criptografia, foi iniciado o desenvolvimento e testes desse sistema, um estudo de criptoanálise foi realizado para a determinação da qualidade do método utilizado através das técnicas aprendidas. O método se mostrou efetivo e suficientemente seguro para aplicações comerciais e governamentais.

publicidade

publicidade