SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Educação profissional

Institutos promovem cultura da inovação aberta em oficinas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/11/2015 12:07

Portal MEC

Conectar pessoas com diferentes formações técnicas e experiências de vida para, de forma colaborativa, formular a resolução de problemas reais da sociedade foi o propósito das oficinas de inovação aberta realizadas durante a 12ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, em outubro último, em Brasília. No estande do Ministério da Educação, além das oficinas, foram expostos projetos de inovação desenvolvidos nos institutos federais de educação, ciência e tecnologia.

 

As oficinas foram realizadas em parceria com o Departamento de Bioengenharia Ocular da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e da Escola Nacional de Administração Pública (Enap). Na oficina de inovação em saúde da Liga Acadêmica MedHacker, da Unifesp, a meta foi a resolução de problemas de comunicação entre médico e paciente. Dentre os projetos apresentados está o de um prontuário médico on-line, com acesso via biometria. Um aplicativo torna disponível todo o histórico clínico do paciente, como exames, internações, prescrições médicas etc.

 

De acordo com a coordenadora de inovação da Enap, Andrea Andrade, as oficinas estimulam o aluno a desenvolver competências como visão sistêmica, trabalho em equipe e flexibilidade. “Sempre exercitando a criatividade e a inovação”, disse.

 

Para André Soares, facilitador da organização Colmeia de Inovação, as oficinas abriram uma oportunidade para a comunidade e para os institutos federais. “Uma chance de oferecer experiência de capacitação e inovação aos institutos e também o engajamento dos cidadãos ao tema”, disse.

 

O diretor de desenvolvimento da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação, Luciano Toledo, considera a inovação aberta uma área em crescimento, que merece atenção. Ele observa que a iniciativa não é isolada e que o MEC tem financiado outras iniciativas no campo da inovação nos institutos federais, a exemplo da implantação dos polos de inovação e da abertura de editais para o financiamento de pesquisa aplicada e extensão tecnológica, além da participação de equipes em competições de educação profissional.

 

Iniciada em 2013, a MedHacker é uma iniciativa do Departamento de Bioengenharia Ocular da Unifesp destinada à realização de oficinas práticas, com estudantes, para a promoção da pesquisa e o desenvolvimento de novas tecnologias aplicadas à saúde. A Colmeia de Inovação é um movimento criado para ajudar servidores públicos de todo o Brasil a tornar mais humana, inovadora e alegre a cultura de servir ao público.

publicidade

publicidade