SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Educação profissional

Professores que estiveram na Finlândia descrevem experiência

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 30/11/2016 14:30

Professores da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica de todas as regiões do Brasil que participaram, este ano, de projetos de pesquisa em ciências aplicadas na Finlândia vão narrar as experiências em seminário previsto para os dias 7 e 8 de dezembro, em Maceió (AL), durante o 11º Congresso Norte–Nordeste de Pesquisa e Inovação (Connepi).

Os professores participaram dos trabalhos naquele país europeu ao atende à Chamada Pública nº 26/2016 dos Ministérios da Educação e da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação, por meio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). São aproximadamente 50 profissionais que concluem a terceira etapa do programa Professores para Futuro. Eles passaram três meses (de abril a junho) na Finlândia em ações de pesquisas nas universidades de ciências aplicadas de Häme (Hamk) e de Tampere (Tamk) e, durante outros cinco meses (de julho a novembro), aplicaram os projetos nas instituições de origem, no Brasil. No Seminário, eles serão certificados após compartilhar os relatos com o público.

O evento será aberto às 9h do dia 7, com a presença da titular da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do MEC, Eline Neves Braga Nascimento. Também participarão da abertura o professor Paulo Leão, assessor especial do Núcleo Estruturante da Política de Inovação (Nepi) da Setec; a diretora da Escola de Formação Profissional de Professores da Universidade de Häme, Seija Mahlamäki-Kultanen, e a diretora de educação global da Universidade de Tampere, Carita Prokki.

Em duas salas simultâneas durante os dois dias, serão abordados os temas:

As práticas educativas finlandesas no contexto da educação profissional e tecnológica brasileira.
Usando PrBL (aprendizagem baseada em problemas) para desenvolver competências em projetos colaborativos.
Educação para o futuro: aplicando a aprendizagem centrada no aluno na educação profissional e tecnológica brasileira.
Curso misto (blended) para formar professores em metodologias e ferramentas para desenvolver habilidades de educação do século 21.


iFactory, ambiente de aprendizagem apoiando mudanças pedagógicas.


Repensando o currículo: chamando os professores a discutir e propor novas perspectivas para o desenho curricular.
Aprendizagem ativa, aprendizagem baseada em problemas e gamificação como ferramentas para o aluno — motivação em ciências ambientais e cursos de engenharia.


Formação de professores: aprendizagem por projetos (PrBL) e aprendizagem baseada em problemas (PBL).
Formação de professores em aprendizagem ativa.


Abordagem positiva para o desenvolvimento da educação — construindo o futuro.
Reduzindo a evasão escolar por meio da motivação dos alunos e promoção da inclusão.

A certificação do professores está prevista para a tarde de 9 de dezembro, na solenidade de encerramento do 11º Connepi.

 

Portal MEC

publicidade

publicidade