SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Restaurante universitário não abre por atraso no pagamento dos funcionários

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/04/2012 08:00

Os 115 auxiliares de cozinha e 10 cozinheiros que trabalham no Restaurante Universitário (RU) paralisaram as atividades nesta quinta-feira (5). Eles alegam atraso de quatro dias no pagamento do vale-transporte pela empresa de serviço terceirizado Monte Sinai. De acordo com o contrato estabelecido entre a firma e a Universidade de Brasília, o benefício deve ser concedido até o primeiro dia útil do mês. Como a empresa tem atrasado os pagamentos constantemente, o Decanato de Gestão de Pessoas (DGP) passou a pagar, a partir de fevereiro, os salários e benefícios diretamente aos terceirizados. Segundo Edilson da Silva, representante dos funcionários do RU, eles tentaram negociar com o DGP e esperaram até ontem (4) para receber. Isso não ocorreu e o grupo optou pela paralisação. O diretor do DGP, Julio Versiani, afirma que uma manutenção no Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal (Siafi) impossibilitou o pagamento a tempo. Versiani garante, porém, que até hoje os vales estarão na conta dos funcionários. Se tudo ocorrer como prometido, o RU volta a funcionar normalmente na segunda-feira (9). A data coincidirá com o quinto dia útil do mês, quando é previsto o recebimento do salário e do vale-refeição.
Tags:

publicidade

publicidade