SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Autodeclaração será único pré-requisito para avaliação no sistema de cotas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 21/10/2012 07:00

Ana Pompeu , Manoela Alcântara

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, é enfático ao falar sobre como negros, pardos e indígenas serão avaliados para se adequarem à nova Lei de Cotas Sociais: “Será utilizada somente a autodeclaração”, ressaltou, na entrevista coletiva em que divulgou o decreto e a portaria que regulamentaram a Lei Federal nº 12.711. A exigência vale para todas as 59 instituições federais de ensino superior que deverão adotar o sistema nas próximas seleções.

Leia mais notícias em Cidades

A UnB seguirá a regra para os 12,5% de reservas estipulados pela legislação, mas manterá a banca avaliadora para todos os que pretendem disputar uma vaga por meio dos 20% reservados com exclusividade para a população negra e parda desde 2004, sem distinção de currículo escolar. A experiência de conservar, por oito anos, a cota para negros mostrou diversos pontos a serem considerados sobre a autodeclaração.

Tags:

publicidade

publicidade