SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Posse

Novos reitores assumem cargo e destacam política de expansão

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/11/2012 10:09 / atualizado em 20/11/2012 09:13

O ministro da Educação em exercício, José Henrique Paim Fernandes, empossou nesta segunda-feira, 19, no Ministério da Educação, os novos reitores das universidades federais de Sergipe (UFS) e do Piauí (UFPI) e do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha. No instituto, Carla Comerlato Jardim sucede a Jesué Graciliano da Silva; na UFPI, José Arimatéia Dantas Lopes, a Luiz de Sousa Santos Júnior; na UFS, Angelo Roberto Antoniolli, a Josué Modesto dos Passos Subrinho.

Paim destacou os esforços do Ministério da Educação e dos reitores para expandir o número de universidades e de institutos federais nos últimos anos. A educação superior federal conta com mais de 1 milhão de matrículas, incluídos os estudantes de pós-graduação. “É um esforço para recuperar o tempo perdido, para superar o atraso na educação”, disse Paim. “Temos uma preocupação muito grande em consolidar todo esse processo, aprofundar ainda mais o trabalho nas universidades.”

De acordo com Paim, ainda há muito trabalho a ser feito. “O trabalho de cada um vai fazer com que consigamos atingir mais e melhores metas”, completou. O ministro em exercício destacou a gestão na UFPI, que recentemente reinaugurou o hospital universitário, gerido pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), vinculada ao MEC.

Em harmonia com o discurso de Paim, os reitores empossados destacaram o processo de expansão da rede federal de educação superior. Dantas Lopes, novo reitor da UFPI, lembrou os avanços que a política de expansão do governo federal levou à instituição. Atualmente, mais de 25 mil estudantes estão matriculados, em 126 cursos. Além disso, 1,6 mil professores e mil técnicos administrativos trabalham em cinco câmpus espalhados pelo estado.

Angelo Antoniolli, da UFS, destacou que o grande desafio de sua gestão será consolidar o que foi implantado nos últimos anos. Segundo ele, o trabalho contará com ajuda de professores e do MEC. “Não podemos abrir mão da qualidade, do rigor acadêmico, das demandas da sociedade”, ressaltou.

Antoniolli obteve graduação em farmácia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e mestrado e doutorado em farmacologia pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Foi mentor e primeiro coordenador do curso de farmácia da UFS, criado em 2001. É professor-orientador dos cursos de doutorado da Rede Nordeste de Biotecnologia (Renorbio) e de ciências da saúde da UFS.

José Arimatéia Dantas Lopes é graduado em farmácia pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e mestre e doutor em química pela Unicamp. Ingressou na UFPI em 1978. É professor associado do Departamento de Química da UFPI. Publicou 31 artigos em periódicos nacionais e internacionais e 148 trabalhos em anais de congressos nacionais e internacionais. Exerceu, na UFPI, os cargos de chefe de departamento, coordenador de cursos de graduação e de pós-graduação, diretor de unidade de ensino e pró-reitor. É membro dos júris da Olimpíada Ibero-Americana de Química e da International Chemistry Olympiad desde 2000.

Doutoranda em zootecnia pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Carla Comerlato Jardim é graduada em medicina veterinária pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio Grande do Sul, mestre em educação agrícola pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) e especialista em organização escolar. Foi diretora-geral eleita do câmpus de Alegrete do Instituto Farroupilha por dois mandatos consecutivos (2003–2007 e 2007–2011). Atuou como docente na área da zootecnia por 20 anos. Ainda no instituto, foi diretora de desenvolvimento educacional em 2011–2012 e coordenou diversos projetos de extensão e pesquisa. Também desempenhou as funções de gestora local do programa Mulheres Mil, do MEC, e de presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento de Alegrete (Comude).

 

Ascom MEC

Tags:

publicidade

publicidade