SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Começa a nova gestão da UnB

Reitor dá posse à vice e aos decanos que o ajudarão a administrar a universidade nos próximos quatro anos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 23/11/2012 08:00

Manoela Alcântara

 

José Geraldo Sousa Junior (E) transmitiu o cargo a Ivan Camargo. A vice-reitora, Sônia Báo, também foi empossada (Viola Junior/Esp. CB/D.A Press) 
José Geraldo Sousa Junior (E) transmitiu o cargo a Ivan Camargo. A vice-reitora, Sônia Báo, também foi empossada

A nova direção da Universidade de Brasília (UnB) está consolidada. Ontem, o professor José Geraldo de Sousa Junior se despediu da reitoria e transmitiu oficialmente o cargo a Ivan Camargo. O novo gestor empossou a vice-reitora eleita, Sônia Báo, do Departamento de Biologia, e os sete decanos que farão parte da administração no quadriênio 2012/2016. Diante das 1,2 mil pessoas presentes na solenidade, realizada no Centro Comunitário Athos Bulcão, Camargo se comprometeu a não quebrar contratos em andamento da
atual gestão, manter o trabalho baseado no diálogo e nas decisões nos conselhos superiores.

Emocionado, o novo gestor preferiu fazer um discurso de agradecimento a todas as categorias. Ele lembrou a importância dos funcionários técnico-administrativos e disse como pretende valorizar a categoria. “A nossa intenção é tirar os professores das atividades burocráticas e dar a eles mais tempo para estar em sala de aula, realizar trabalhos de pesquisa e outros. Os servidores terão papel essencial em diversos setores”, enfatizou.

Ivan afirmou que fará uma administração com rigor orçamentário, responsabilidade, legalidade e união. Embora tenha ressaltado que a diversidade de pensamento é importante dentro da academia, lembrou que a política não pode interferir na qualidade da instituição. Esse, segundo ele, deve ser o objetivo comum de todos. Depois de colocar os alunos como parte mais importante da UnB, o reitor lembrou de atender as reivindicações dos estudantes. “Não vamos considerar normal a falta de papel, de sabonete ou seis meses para conseguir verba de pesquisa. Trabalharemos para reduzir a burocracia e solucionar problemas.”

A vice-reitora endossou o discurso ao ressaltar que a excelência acadêmica só é conquistada por meio da participação de alunos, de professores e de servidores nas decisões da UnB. “Com a corresponsabilidade de todos, conseguiremos alcançar os mais altos padrões”, disse. A docente também destacou a consolidação da expansão, iniciada em 2008. “Muito foi realizado em termos estruturais, agora, devemos cumprir o nosso papel de universidade pública. Devemos formar pessoas qualificadas, preparadas para construir uma sociedade melhor.”

Primeira mulher
Sônia é a primeira mulher a exercer o cargo de vice-reitora na UnB e Ivan o primeiro ex-aluno a ser eleito pela comunidade acadêmica. Juntos, eles terão o desafio de administrar uma instituição com 2,3 mil professores, 34 mil alunos, 2,7 mil técnicos e 1,9 mil funcionários terceirizados. Ambos admitem que os desafios não serão poucos. Um dos primeiros passos, é melhorar a infraestrutura nos câmpus e, consequentemente, a segurança.

O compromisso com a sociedade, enfatizado durante a campanha e nos discursos, também será responsabilidade dos novos decanos empossados ontem. Eles assumem cargos estratégicos dentro da UnB e dividirão a responsabilidade de administrar a instituição. Conhecedor das características, da formação e do trabalho realizados ao longo da carreira de todos, Ivan Camargo elogiou cada um dos docentes que aceitaram os cargos. “É um desafio. Sei que os professores gostam de estar na sala de aula. Porém, eles abriram mão da vida acadêmica porque acreditam no nosso projeto”, ressaltou o novo reitor.

A cerimônia ocorreu um dia depois de o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, empossar o reitor eleito pela comunidade acadêmica em setembro deste ano. Diante de uma plateia atenta, Ivan Camargo se emocionou e voltou a enaltecer a importância de construir uma universidade de vanguarda.

No comando

Conheça quem são os decanos empossados ontem:


Jaime Santana
Decano de Pesquisa  e Pós-graduação

Graduou-se em ciências biológicas em 1985 pela Universidade de Brasília. Tem mestrado em biologia molecular e doutorado em patologia molecular, ambos cursados na instituição. Em 1994, concluiu pós-doutorado no Museu de História Natural de Paris e, três anos depois, na Northwestern Univesity, em Chicago. Jaime é professor titular da UnB desde 1989. Foi chefe do Departamento de Biologia Celular e coordenador do Programa de Pós-graduação em Patologia Molecular da Faculdade de Medicina.

Mauro Rabelo
Decano de Ensino de Graduação

Cursou matemática na Universidade de Brasília e se formou em 1980. Fez mestrado e doutorado também em matemática na instituição. Concluiu o pós-doutorado em 1992 na Stanford University, na Califórnia. É docente associado da UnB e tutor do Programa de Educação Tutorial (PET) de Matemática. Ingressou como professor em 1985, depois de passar dois anos em Campo Grande (MS). Trabalhou na chefia e na sub-chefia do Departamento de Matemática, ocupou os cargos de coordenador acadêmico e de diretor-geral do Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe). Foi um dos responsáveis pela criação do Programa de Avaliação Seriada (PAS).

Luís Afonso Bermudez
Decano de Administração

Em 1997, Bermudez graduou-se em engenharia eletrônica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Três anos depois, fez mestrado em engenharia elétrica na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Tem doutorado na área de comunicações óticas e micro-ondas pela Universite de Limoges, na França. É professor titular do Departamento de Engenharia Elétrica e diretor do Centro de Apoio e Desenvolvimento Tecnológico (CDT) da UnB há 22 anos. Bermudez foi coordenador de curso, chefe do Departamento e diretor da Faculdade de Tecnologia (FT).

Carlos Alberto Torres
Decano de Planejamento e Orçamento 

Cursou engenharia eletrônica na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Terminou o mestrado no Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-graduação e Pesquisa em Engenharia da UFRJ (COPPE-UFRJ) em 1974 e, um ano depois, começou a trabalhar na Eletronorte. Veio para Brasília com a mudança da sede para a capital, em 1975. Em agosto, ingressou como docente na Universidade de Brasília no Departamento de Administração.

Thérèse Hofmann
Decana de Extensão 

Em 1990, graduou-se em educação artística pela Universidade de Brasília e fez mestrado em arte e tecnologia da imagem na mesma instituição, em 1999. Concluiu o doutorado em desenvolvimento sustentável em 2008 pelo Centro de Desenvolvimento Sustentável. Thérèse é professora adjunta do Departamento de Artes Visuais do Instituto de Artes da UnB. Também coordena o curso de graduação à distância de licenciamento em artes visuais do Programa Prolicenciatura. Ocupa o cargo de diretora cultural da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel.

Denise Bomtempo
Decana de Assuntos Comunitários 

Denise é professora titular da Universidade de Brasília desde 2005. Graduou-se em serviço social pela instituição em 1980. Fez especialização em política social em 1984 na UnB, mestrado, em 1989, e doutorado, em 1992, em ciências sociais na Universite de Paris I (Pantheon-Sorbonne). Na UnB, exerceu cargos administrativos e esteve à frente do Decanato de Pesquisa e Pós-graduação.

Gardênia Abbad 
Decana de Gestão de Pessoas

Formou-se em psicologia e fez mestrado e doutorado na mesma área na Universidade de Brasília. Na instituição, atuou como secretária de Desenvolvimento de Pessoas na década de 1980, diretora de Recursos Humanos e chefe do Departamento de Psicologia Social e do Trabalho. Participa dos programas de pós-graduação em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações e em Administração. É professora associada da UnB e pesquisadora do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

 

Tags:

publicidade

publicidade