SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Estudantes da UnB e Católica estão entre os que fraudaram vestibulares

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 14/12/2012 06:08 / atualizado em 14/12/2012 10:50

A Polícia Federal prendeu, até a noite de ontem, 51 pessoas suspeitas de envolvimento em fraudes de vestibulares de medicina em pelo menos 40 instituições de ensino superior de todo o país. Os mandados de prisão foram cumpridos em oito estados e no Distrito Federal e 19 pessoas ainda estavam foragidas. Dos quatro detidos no DF, três foram identificados como estudantes da Universidade de Brasília (UnB) e uma é aluna do curso de medicina da Universidade Católica de Brasília (UCB). Um médico ainda está foragido.

De acordo com os investigadores responsáveis pela Operação Calouro, deflagrada na quarta-feira, foram identificadas cerca de sete quadrilhas e duas delas atuavam havia mais de 15 anos. Ainda não se sabe quantas pessoas foram beneficiadas com o esquema. Os líderes dos bandos chegavam a receber R$ 80 mil por aluno, totalizando uma estimativa de ganho por vestibular entre R$ 1 milhão e R$ 2 milhões. Os fraudadores se concentravam, principalmente, em Goiás e Minas Gerais e tinham como alvo instituições de ensino particulares. A fraude era feita de duas maneiras: uma pessoa com identidade falsa fazia a prova no lugar do candidato ou o gabarito era enviado ao aluno, por meio eletrônico.

Tags:

publicidade

publicidade