SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Estudantes da UnB criam um grupo para apagar o estereótipo dos brasilienses

As alunas de desenho industrial criaram um grupo de troca de experiências e conhecimento com objetivo de aproximar pessoas e apagar estereótipo do brasiliense distante e frio

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 18/03/2013 13:44 / atualizado em 18/03/2013 13:46

Edilson Rodrigues
Um saco de dormir para um acampamento de fim de semana, uma furadeira para uma tarde de decoração na casa, o conhecimento de um idioma, uma carona para economizar gasolina. A proposta do Projeto Pilotis é compartilhar, entre moradores do Distrito Federal, experiências, conhecimentos ou simplesmente uma xícara de açúcar. Atualmente no Facebook (leia Como participar), conta com grupos se organizando para formar uma horta comunitária, cozinhar em conjunto e até mesmo conseguir companhia a fim de ir a um festival de cinema na cidade.

O programa é criação dos estudantes de desenho industrial da Universidade de Brasília (UnB) Luísa Melo, de 22 anos, Déborah Nogueira, 24, e Guilherme Cosac, 26. O trio tinha um projeto de design de serviço para concluir o semestre, ou seja, deveriam criar, com os conhecimentos obtidos na faculdade, algo que facilitasse o dia a dia das pessoas. “Nós problematizamos a sociedade brasiliense, em que os vizinhos não se conhecem, a população é distante”, explica Déborah.

Leia mais notícias em Cidades
Tags:

publicidade

publicidade