SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Página em rede social promove encontros amorosos entre universitários

No Facebook, Spotted UnB reúne cerca de 7 mil usuários em uma semana

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/04/2013 12:58 / atualizado em 15/04/2013 17:03

Gustavo Aguiar

Desde a semana passada, uma nova mania na internet começou a estimular a criatividade e a curiosidade dos apaixonados da Universidade de Brasília. A página Spotted UnB, no Facebook, mostra que, por lá, o amor está no ar. A ideia é simples: “Viu um bonitinho na BCE e esqueceu de estudar? Conheceu alguém legal no [ônibus] 110 e não perguntou o nome? Enquanto a fila demorava não tirou os olhos da menina no R.U? Conte a sua história e publicamos anonimamente na página!”, diz a descrição da página na rede social que, já ganhou quase 7 mil adeptos. Depois de ter a mensagem publicada, os próprios usuários vão ajudando a localizar o perfil da pessoa procurada, até conseguir reunir os pombinhos, como um correio elegante moderno.

Reprodução/ Facebook



















A febre das páginas Spotted no Facebook já tinha virado moda em outras universidades ao redor do mundo, e chegou recentemente ao Brasil. A Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro foi a primeira a criar uma versão nacional do flerte virtual e anônimo na internet, seguida por outras instituições do país, como a Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e a PUC de São Paulo.

Em Brasília, o sucesso foi instantâneo. Inspirados no fenômeno, estudantes do UniCeub e do Iesb também criaram uma página parecida, mas ainda sem a mesma repercussão que obteve entre os alunos da UnB. “Achei que nem ia pegar, mas, desde a última quinta-feira, o negócio começou a esquentar. Parece que as pessoas na UnB, apesar de tímidas, estão muito apaixonadas”, se diverte I., a estudante criadora e moderadora da página, e que precisa agora filtrar as mais de 500 mensagens que recebe por dia. “Não posto nada que ofenda outras pessoas. A página é para promover encontros na universidade e aproximar pessoas”, explica a moderadora.

"Para o moço cego que eu acho lindo e sempre sento do lado quando tenho a oportunidade, mas tenho vergonha de puxar assunto, alguém lê isso para ele por favor, lindo!", diz a mensagem com um dos maiores números de curtidas na página. O jovem foi localizado em poucos minutos, mas, para a frustração que quem o procurava, ele é comprometido. A mensagem “"Homofóbico que faz C3 comigo, já peguei teu irmão", publicada ontem à noite, foi curtida por 1720 pessoas.
Tags:

publicidade

publicidade