SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

COTAS

Unesp aprova 50% das vagas para estudantes de escolas públicas

Outras universidades estaduais ainda não aprovaram a reserva

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/04/2013 20:40 / atualizado em 26/04/2013 21:41

O Conselho Universitário da Universidade Estadual de São Paulo (Unesp) aprovou, nesta quinta-feira (25/4), as metas estabelecidas pelo Programa de Inclusão com Mérito no Ensino Superior Público Paulista (Pimesp) que deliberam, especialmente, sobre cotas para alunos da rede pública de ensino. A instituição vai destinar 50% das vagas para estudantes que cursaram integralmente o ensino médio em escolas públicas. O percentual de negros, pardos e indígenas deve ser mantido em 35%, valor calculado pelo IBGE no Censo Demográfico de 2010. Os objetivos devem ser atingidos ao longo de três anos, a partir de 2014. Até agora, USP e Unicamp ainda não se posicionaram sobre o programa.

Sobre estratégias propostas pelo Pimesp, o Conselho Universitário vai solicitar informações mais detalhadas a respeito do Instituto Comunitário de Ensino Superior (Ices). A iniciativa é inspirada em “colleges” americanos, e pretende oferecer, em dois anos, cursos superiores sequencias de formação geral, com aulas de ciências humanas, exatas, biológicas e tecnológicas. No total, 2 mil vagas devem ser ofertadas, e os cursos podem ser coordenados pela Universidade Virtual de São Paulo (Univesp). Além disso, o programa prevê a criação de um fundo especial para financiar a permanência dos estudantes nas instituições de ensino superior e no instituto comunitário.

Pimesp

O Programa de Inclusão com Mérito no Ensino Superior Público Paulista foi lançado pelo atual governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, em 20 de dezembro do ano passado. O projeto foi desenvolvido em parceria com o Conselho de Reitores das Universidades Estaduais de São Paulo (Cruesp), formado pelos reitores da USP, Unicamp e Unesp, além de secretários de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia e Educação. O principal objetivo do programa é garantir 50% das vagas dos cursos de graduação para estudantes que terminaram o ensino médio em escolas públicas.

Tags:

publicidade

publicidade