SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Governo criará empresa para estimular projetos inovadores

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 10/05/2013 17:04 / atualizado em 10/05/2013 17:08

Os ministérios da Educação e da Ciência, Tecnologia e Inovação vão criar a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), que já deverá estar funcionando no prazo de um mês. O objetivo da entidade será fomentar projetos de cooperação entre empresas nacionais e instituições de pesquisa e desenvolvimento, para a criação de produtos e processos inovadores.

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) será parceira do governo na criação da entidade. O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, discutiu o assunto nesta sexta-feira, 10, em São Paulo, em reunião com líderes da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), movimento lançado pela CNI com o compromisso de reforçar o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação no país.

Durante o evento, foi assinado com grandes empresas de perfil inovador o manifesto de apoio para a criação da Embrapii. Será uma organização social com capital inicial de R$ 1 bilhão, para serem investidos em 2013 e 2014.

A previsão do MEC é criar polos de inovação nos institutos de pesquisa das universidades federais e nos institutos federais de ciência e tecnologia. Segundo o ministro Mercadante, é necessário criar maior entrosamento entre a estrutura acadêmica e o chão da fábrica. “Temos que superar a visão ofertista, em que o empresário vai aos laboratórios e pede alguma coisa. Agora, a dinâmica é de atender a demanda da indústria”, salientou.

O ministro ainda reforçou a necessidade de se investir em inovação para garantir cada vez mais competitividade. Segundo ele, a educação, principalmente a tecnológica, faz parte desse desafio.
Tags:

publicidade

publicidade