SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Jovens brasilieiros brilham em importante feira de ciências nos EUA

Secundaristas brasileiros conquistam nove prêmios em uma das principais feiras de ciências do mundo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/05/2013 12:06 / atualizado em 20/05/2013 12:08

Luiz Eduardo Selbach
Phoenix, Arizona (EUA)
— Nove prêmios, incluindo uma bolsa de estudos em uma universidade dos Estados Unidos no valor de US$ 48 mil (cerca de R$ 100 mil) e reconhecimento de dois projetos que podem ser patenteados. Esse foi o saldo brasileiro ao fim de cinco dias na Feira Internacional de Ciência e Engenharia Intel 2013, encerrada ontem em Phoenix (Arizona, EUA). A feira é a maior do mundo no segmento pré-universitário e elege, há 63 anos, os melhores projetos científicos desenvolvidos por estudantes de nível médio.

Esta edição teve a participação de 1,7 mil estudantes de mais de 70 países, que disputaram bolsas de estudo e prêmios que somavam US$ 4 milhões, oferecidos por instituições de ensino, associações internacionais e grandes empresas como a Google e a West Virginia University. O grande vencedor deste ano foi o romeno Ionut Bundisteanu, que criou um projeto viável para um carro autônomo controlado por inteligência artificial. O veículo adaptado pode reconhecer faixas de pedestre e sinais de trânsito, desviar de obstáculos, fazer curvas acentuadas e estacionar sem auxílio do motorista.

publicidade

publicidade