SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

IFB seleciona 50 cursos da UnB para o Pronatec

Previsão é formar cerca de três mil alunos em cursos de educação profissional e tecnológica

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/05/2013 14:43 / atualizado em 22/05/2013 14:47

Agência UnB

A parceria entre a Universidade de Brasília e o Instituto Federal de Brasília (IFB) no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec/MEC) já soma resultados positivos. O IFB, gestor do programa no Distrito Federal, aprovou 50 do total de cursos propostos por professores, técnico-administrativos, alunos de pós-graduação e ex-alunos da Universidade de Brasília. As propostas aprovadas garantirão oportunidade de Formação Inicial Continuada (FIC) para até três mil alunos de diversas regiões do DF. O início dos cursos está previsto para agosto próximo.

O Decanato de Extensão (DEX), responsável pela coordenação do programa na universidade, tem articulado para garantir a participação da comunidade desde o início de março. “Esse resultado mostra o potencial da extensão universitária para contribuir em projetos de alcance social”, afirmou a decana de Extensão da UnB, Thérèse Hofmann. A professora também lembrou “a vocação histórica da UnB frente ao desafio da transformação social”.

A participação no Pronatec por intermédio da comunidade universitária tem por objetivo ampliar a oferta de cursos profissionais e tecnológicos no país e proporcionar oportunidades de qualificação a pessoas em situação de vulnerabilidade, como desempregados, beneficiários de bolsa família, alunos do ensino médio matriculados em escolas públicas e jovens em situação de risco.

Entre os cursos que serão oferecidos pela UnB estão os de agente comunitário de saúde, auxiliar de arquivo, auxiliar de laboratório de entomologia, eletromecânica de automóvel, eletricista industrial, línguas aplicadas aos serviços turísticos e auxiliar de biblioteca. As aulas ocorrerão nas dependências da universidade, caso do curso de auxiliar de arquivo, que será ministrado no Centro de Documentação (CEDOC/UnB), e em locais diversos como igrejas, cooperativas, associações, centros comunitários e escolas públicas.

O IFB divulgou a relação completa dos cursos selecionados no Distrito Federal no edital nº 046/RIFB. Confira aqui.
Tags:

publicidade

publicidade