SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Brasília sedia Congresso Interamericano de Psicologia

Pesquisadores das Américas, Europa e Ásia estarão no evento, que acontece pela primeira vez em Brasília

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 11/07/2013 16:28

Agência UnB

Mais de 1.400 trabalhos de 31 países das Américas, Europa e Ásia serão apresentados durante o XXXIV Congresso Interamericano de Psicologia (CIP). O objetivo é divulgar e promover a integração do conhecimento na área produzido em diversas partes do mundo. Nesta edição, o evento da Sociedade Interamericana de Psicologia (SIP) é resultado de parceria entre a Universidade de Brasília (UnB) e o Centro Universitário de Brasília (UniCEUB). O congresso acontece no campus do UniCEUB, na Asa Norte, de 15 a 19 de julho.

A programação do evento conta com conferências, apresentações orais individuais, simpósios, mesas redondas e pôsteres, em português, espanhol, inglês e francês. A maioria das palestras serão ministradas por pesquisadores estrangeiros e terão tradução simultânea. “É uma chance de trazer um grande número de pessoas de fora para apresentar e discutir com o público local”, defende Jairo Andrade, presidente do congresso e professor do departamento de Psicologia Social e do Trabalho (PST) da UnB.

A professora do departamento de Psicologia da Universidade de Illinois (Estados Unidos), Sharon Shevitt, ministrará a conferência Diversidade de Objetivos de Poder entre as Culturas (Diversity of Power Goals Across Cultures). “Vou relembrar evidências que sugerem que fatores culturais prevêem quais representações mentais do poder as pessoas formulam”, explica a professora americana. Sharon conta que estudos psicológicos têm definido objetivos de poder em termos egoístas. “No entanto, o poder também pode ser instrumento para fins benévolos e úteis”, defende.

Para a professora, fatores culturais influenciam como as pessoas respondem às situações de serviço cotidianas que implicam em poder, como a interação de um hóspede com funcionários de um hotel, por exemplo. “Minha pesquisa objetiva saber como essas respostas podem ser acionadas por diferentes objetivos de poder que, por sua vez, dependem de fatores culturais”, explica. Sharon não conhece o Brasil e está ansiosa pelo evento. “Vai ser uma ótima oportunidade para interagir e trocar ideias de pesquisas com psicólogos de todo o hemisfério em uma metrópole mundial”.

Os participantes do evento também terão a oportunidade de realizar visitas técnicas guiadas a centros de referência. “É bom porque às vezes a gente visita um país e não conhece espaços onde são realizados trabalhos em Psicologia”, conta Jairo. Para os doutorandos, os organizadores pensaram o colégio doutoral, “um espaço para o pesquisador apresentar sua tese em andamento para especialistas de outras instituições e outros países”, explica Maria Ângela Feitosa, coordenadora geral do congresso e professora do departamento de Processos Psicológicos Básicos (PPB).

Para participar, é necessário se inscrever pelo site do evento ou durante a realização das atividades. Estudantes de graduação e pós-graduação das entidades organizadoras e sócios da SIP pagam R$ 378, enquanto o valor para não-sócios é de R$ 450. Já os profissionais sócios pagam R$ 810, e os não sócios, R$ 900.

As inscrições para os cursos e as visitas técnicas, que ocorrerão no pré-congresso (dia 15), poderão ser feitas somente até a próxima sexta-feira (12). Mesmo quem não puder participar do congresso pode inscrever-se nessas atividades, ao preço de R$ 80,00 para dois cursos ou visitas.

Confira a programação completa do XXXIV Congresso Interamericano de Psicologia.
Tags:

publicidade

publicidade