SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Evento orienta alunos sobre oportunidades de estudo no exterior

Organizada pelo DCE, Feira de Internacionalização reuniu ONGs, embaixadas e empresas de intercâmbio na UnB

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 16/07/2013 15:43 / atualizado em 16/07/2013 15:52

Agência UnB

Mariana Costa/UnB Agência
Expandir horizontes e conhecer outra realidade, com problemas similares aos do Brasil, mas muitas diferenças, sobretudo culturais. Foi o que vivenciou Augusto César Valle, 21, aluno do 7º semestre de Direito. No ano passado, o estudante fez um intercâmbio social para a Bulgária pela AIESEC, organização internacional sem fins lucrativos voltada para jovens. Hoje, Augusto trabalha voluntariamente para a entidade, proporcionando oportunidade similar a outros estudantes.

A AIESEC foi uma das expositoras da Feira de Internacionalização, realizada na última sexta-feira (12), como parte das atividades da Semana de Internacionalização, organizada pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE). “Selecionamos ONGs, empresas e embaixadas com programas consolidados de estímulo à educação”, conta Nicolas Powidayko, coordenador geral do DCE. O evento foi uma iniciativa do diretório para fornecer mais informações aos estudantes sobre as posssibilidades de estudo no exterior.

Augusto buscava um intercâmbio acadêmico quando descobriu a empresa, que possibilita a estadia no exterior de apenas seis semanas, durante o período das férias escolares. “Para mim foi muito melhor, porque eu não precisava trancar o curso”, conta o estudante. O jovem escolheu o intercâmbio social para a Bulgária. Passou dois meses e meio trabalhando com adolescentes de uma escola pública no país do leste Europeu. Era tarefa de Augusto desenvolver, com os alunos búlgaros, discussões sobre a cultura brasileira, liderança, empreendedorismo, responsabilidade social, trabalho voluntário e em equipe. “Nessa experiência o maior impacto foi em mim, pois saí de minha zona de conforto, e desenvolvi proatividade e independência”, conta Augusto.

Presente na Feira, a vice-reitora, Sônia Báo, ressaltou que a atividade foi realizada em um espaço de grande trânsito de pessoas, o ICC Norte, possibilitando a democratização da informação sobre algumas das possibilidades de intercâmbio. “A janela de oportunidades está aberta”, disse.

A Feira de Internacionalização reuniu a Assessoria de Assuntos Internacionais (INT), embaixadas da China, Holanda, França, Estados-Unidos e Canadá, a organização jovem AIESEC, a organização não governamental AFS Intercultural Programs, a empresa de intercâmbio Vou pra fora e a empresa corretora de câmbio Renova.
Tags:

publicidade

publicidade