SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Educação superior

Ministro explica programa Mais Médicos em reunião de conselho

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 18/07/2013 10:09

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, participou nesta quarta-feira, 17, da abertura do seminário internacional sobre desenvolvimento, realizado durante a 41ª reunião ordinária do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), no Palácio do Itamaraty, em Brasília.

Em sua apresentação, o ministro destacou as principais medidas do programa Mais Médicos, lançado pelo governo federal na semana passada. Em seguida, foi enviada ao Congresso Nacional a Medida Provisória nº 621/2013, que institui o programa e propõe a criação do segundo ciclo de formação nos cursos de graduação de medicina no Sistema Único de Saúde (SUS).  

Caso aprovado no Congresso e regulamentado pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), o segundo ciclo de formação no SUS passaria a valer para estudantes de medicina que ingressassem no curso a partir de 2015. Atualmente, mais de 13 países do mundo têm um sistema parecido, entre os quais EUA, Inglaterra, Suécia, França, Bélgica e outros.

O ministro também detalhou a ampliação de vagas de graduação em cursos de medicina. Até 2017, o Ministério da Educação criará 11.447 vagas de graduação nesses cursos — 3.615 em universidades federais. De acordo com a proposta do governo federal, as novas vagas serão abertas em 117 municípios brasileiros. O objetivo é desconcentrar a oferta de cursos de medicina no Brasil e dar prioridade a regiões mais carentes, como Norte e Nordeste.
Tags:

publicidade

publicidade