SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Câmara sedia edição 2013 do Projeto Politeia da UnB

Por meio da simulação do processo legislativo com a participação de estudantes universitários, programa do Instituto de Ciência Política da UnB busca contribuir para a conscientização política do jovem.

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 23/07/2013 10:04 / atualizado em 23/07/2013 10:23

Agência Câmara

A Câmara dos Deputados recebe, entre hoje e sexta-feira (26/7), a edição 2013 do Politeia, projeto que simula o funcionamento do Legislativo com a participação de alunos universitários. Promovido pelo Instituto de Ciência Política (Ipol) da Universidade de Brasília (UnB), com a parceria da Câmara, o programa proporciona aos estudantes a oportunidade de discutir e votar projetos de lei, elaborados por eles próprios, nos plenários das comissões e no Plenário Ulysses Guimarães. A ideia é que conheçam de perto a rotina do Congresso e as regras do processo legislativo


Os debates poderão ser acompanhados por um público mais amplo no portal e-Democracia, um dos canais de interação com a sociedade criados pela Câmara. Parte das reuniões realizadas nas comissões terá transmissão ao vivo e serão criadas salas de bate-papo para que os internautas possam discutir o tema e dar sugestões, como acontece no dia a dia da Câmara.


Acordo de cooperação
Esta é a sétima vez que a Câmara participa como parceira do Politeia, que chega a sua 8ª edição. Em novembro do ano passado, foi assinado um acordo de cooperação técnica entre a instituição e a UnB, com o objetivo de formalizar a parceria e de dar maior visibilidade ao programa, que aproxima a Câmara dos universitários. Com isso, neste ano, houve um maior envolvimento de diferentes setores da Casa nos preparativos para receber os estudantes.


A formalização da parceria possibilitou, por exemplo, a oferta aos participantes de um curso de processo legislativo, com ênfase em técnica legislativa, promovido pelo Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento (Cefor) da Câmara.

Conscientização política
Por meio da familiarização com a dinâmica do Legislativo, o Politeia busca contribuir para a conscientização política do jovem e, dessa forma, estimular a sua participação no processo democrático. Criado em 2003, o projeto – atualmente, com periodicidade anual – busca reproduzir com a maior fidelidade possível o processo legislativo real


Antes da simulação na Câmara, os estudantes recebem um treinamento e participam de uma sessão preparatória. Divididos em partidos políticos, eles também elegem líderes, participam de reuniões de bancada partidária e de coletivas de imprensa. Na condução dos trabalhos legislativos na Câmara, contam com o auxílio de dois consultores legislativos da Casa.

Outros projetos
A Câmara desenvolve outros projetos com perfil semelhante ao do Politeia. São o Parlamento Jovem, voltado para alunos do ensino médio, e o Câmara Mirim, que reúne crianças do ensino fundamental. Nos dois, os participantes apresentam, debatem e votam projetos de lei, assumindo o papel de deputados em simulações das sessões ordinárias realizadas no Plenário e nas comissões.


No caso do Politeia, além dos "deputados", há uma equipe responsável pela cobertura jornalística das atividades, formada por estudantes do curso de graduação em Comunicação Social da UnB.

Tags:

publicidade

publicidade