SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Faculdade Alvorada é descredenciada pelo MEC após denúncias de problemas

Decisão do ministério será publicada no Diário Oficial da União de segunda-feira. Com isso, a faculdade perde os direitos de funcionamento

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 09/09/2013 18:47 / atualizado em 09/09/2013 19:06

Iano Andrade/CB/D.Press
A Faculdade Alvorada foi descredenciada. Na segunda-feira, o Ministério da Educação publicará no Diário Oficial da União (DOU) dois despachos: um para expor a perda dos direitos de funcionamento e outro para facilitar a transferência dos cerca de 4 mil alunos que estudam no local. A decisão foi tomada devido às denúncias de problemas trabalhistas e administrativos, e por conta das reclamações dos estudantes.

A ação de despejo do prédio da 516 Norte, em 26 de julho, em decorrência de uma dívida de R$ 30 milhões, também influenciou o MEC. A instituição de ensino superior precisava decidir novos locais onde as atividades letivas seriam retomadas, mas apresentou endereço sem comprovação, o que gerou mais um motivo para o entendimento de que a Alvorada não tem condições de voltar a ministrar aulas.

Todas as informações foram colhidas pelo MEC após abertura de um processo administrativo. Em nota, o órgão explicou a decisão. “É decorrente da qualidade acadêmica deficiente da instituição, do comprometimento da sua situação econômico-financeira, da ausência de condições adequadas de instalações físicas, da falta de um plano viável para continuar ofertando seus cursos e do descumprimento das normas de regulação da educação superior”, diz o documento. Além disso, foi apurado que aulas estavam ocorrendo em endereços que não eram os mesmos apresentados ao MEC.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.
Tags:

publicidade

publicidade