SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Estudantes da assistência estudantil ocupam a reitoria da UnB nesta terça

Alunos querem marcar reunião com o reitor Ivan Camargo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/09/2013 20:05 / atualizado em 18/09/2013 13:08

Marcelo Ferreira/CB/D.A Press
Cerca de 50 membros do Centro Acadêmico da Assistência Estudantil (Cassis) ocuparam a reitoria da Universidade de Brasília (UnB) na tarde desta terça-feira (17/9). Os estudantes já estavam ocupando a sala BT 260 do Instituto Central de Ciências da Universidade de Brasília (ICC Sul) desde 14 de agosto. Nesta tarde, no entanto, por volta das 15h, a polícia cumpriu uma ordem de reintegração de posse feita em 2 de setembro pela UnB. O aviso sobre a desocupação do local foi dado na última terça-feira (10) por um oficial de justiça.

Havia quatro estudantes na sala ocupada pelo Cassis no momento da ação da Polícia Federal. De acordo com os estudantes, os policias estavam à paisana. “Eles chegaram, pediram que retirássemos as coisas e trancaram a sala”, conta Gley Barbosa, 22 anos, estudante do 6º semestre de física. Na sequência, outros estudantes que já estavam de sobreaviso se mobilizaram para ocupar a Reitoria. “Eles faziam reuniões para ganhar tempo enquanto pediam a reintegração de posse”, reclama Gley.

Os estudantes pretendem ficar na sala até que conseguirem uma reunião com o reitor. "O reitor e a vice foram embora quando chegamos, sem dar respostas”, afirma Alina Freitas, 19, estudante do 4º de Serviço Social. Ela relata que há dois carros de polícia no estacionamento do prédio.

Entenda o caso

Em 13 de setembro, o Cassis e o Conselho Universitário (Consuni), órgão máximo de deliberação da UnB, se reunirão para apresentar uma proposta à reitoria. Os manifestantes se prontificavam a aceitar a retirada da sala ocupada caso três pontos listados na pauta de reivindicações fossem deliberados pelo Consuni: a volta da assistência médica, manutenção da moradia e a manutenção da assistência aos alunos em desligamento.

Após o debate, o conselho deliberou que os três pontos fossem pauta prioritária do Conselho de Administração (CAD), entretanto, determinou que a sala do ICC Sul fosse desocupada imediatamente. Foi oferecida também a possibilidade de o Cassis usar duas salas como sede, uma no subsolo e outra no mezanino do ICC. Segundo integrantes do movimento, porém, o tamanho dos locais oferecidos não condiz com a quantidade de alunos que o Cassis representa.

publicidade

publicidade