SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

PROTESTO

Justiça do Rio concede liberdade a universitário preso no 7 de setembro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/09/2013 11:34 / atualizado em 24/09/2013 11:36

Agência Brasil

Rio de Janeiro - A Justiça concedeu habeas corpus ao estudante de psicologia Wallace Vieira Santos, preso durante as manifestações de 7 de Setembro. Das 65 pessoas detidas na ocasião, o universitário era o único que permanecia preso, com a prisão preventiva decretada.

O universitário, que é bolsista do Programa Universidade para Todos (ProUni), foi detido com uma arma de uso restrito, sinalizador e uma bomba popularmente chamada de "cabeça de nego", que é vendida em lojas de fogos de artifício.

Na decisão, a juíza Alessandra de Araújo Bilac, da 42ª Vara Criminal da Capital aponta ineficência da polícia técnica para apresentar um laudo sobre o material apreendido com o estudante. "Decorridos mais de 15 dias de sua prisão, em razão da ineficiência da nossa polícia técnica, a qual, infelizmente se encontra sucateada, não foi trazido ao processo o laudo dos artefatos apreendidos em poder do réu".

A juíza diz ainda que o universitário tem residência fixa e não tem antecedentes criminais. "A manutenção da custódia cautelar se mostra desproporcional. Desta forma, acolho os fundamentos da defesa e revogo a prisão preventiva de Wallace Vieira Santos".

Wallace está preso em Bangu 9, no Complexo de Gericinó, e deverá ser solto nesta terça (24) porque a Justiça tem de cumprir trâmites burocráticos e um oficial de Justiça tem de levar o documento com pedido de relaxamento da prisão até o presídio.

publicidade

publicidade