SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Confira o simuladão do Correio

Jornal fará preparação para o Enem, entre 12 e 13 de outubro, em página na internet. A prova virtual é considerada, por professores e alunos, essencial para quem quer passar no exame nacional

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 30/09/2013 10:47 / atualizado em 30/09/2013 10:50

Luiz Calcagno

Carlos Vieira
O Correio Braziliense lança neste domingo (29/9), em parceria com o IMP Concursos, um simulado on-line completo (clique aqui para acessar o simulado), elaborado por professores com larga experiência, destinado a estudantes inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O projeto permite que o aluno teste, além dos conhecimentos, o tempo para cada questão, a resistência para um período longo de provas e também o desempenho, com possibilidade de acompanhar a classificação em relação aos demais participantes.

A página já está disponível para que os participantes se cadastrem. Entre as 7h de 12 de outubro e as 23h59 do dia seguinte, o site disponibilizará uma prova-teste com o mesmo tipo e número de questões do Enem. Cada candidato terá, assim como no exame nacional, quatro horas e meia para cumprir cada uma das duas etapas com um total de 180 itens.

Terminado o tempo, os exercícios serão bloqueados. Cada estudante receberá, posteriormente, por email, um resultado com a nota, a colocação geral e o ranking de cada matéria.

O simulado é gratuito e qualquer estudante pode participar. Basta acessar o site. “Com esse simulado on-line, o Correio presta um serviço de grande utilidade para todos que se preparam para o Enem 2013. É uma grande oportunidade para os candidatos, duas semanas antes das provas, fazerem um teste de preparo real, como o tempo e o desempenho, para o que vão enfrentar”, afirma a superintendente de Marketing do Correio, Cilene Vieira.

O diretor do IMP Concursos, Antônio Geraldo Maia, explica que um site foi criado para que os estudantes naveguem nos dias de realização de simulados. O espaço disponibiliza ainda um regulamento e uma sessão de perguntas para orientar e facilitar a navegação dos internautas. “É uma prestação de serviço que o Correio Braziliense oferece para todos que se interessarem pela prova do Enem, que vem ganhando notoriedade”, afirma. Maia lembra ainda que neste semestre o Enem será a única forma de ingresso na Universidade de Brasília (UnB). “Todas as universidades federais pretendem usar a prova de alguma forma. É o principal concurso do país. O simulado é uma oportunidade para que o estudante faça um o raio-X da própria situação e tenha a chance de ajustar alguma disciplina que tenha mais dificuldade”, diz.

Antônio Geraldo ressalta que os simulados são importantes ferramentas de autoexame tanto para vestibulandos como para concurseiros. Isso porque, segundo ele, a realização do Enem exige velocidade e resistência.

Ensaio

Com 90 questões por dia, dois dias de testes e quatro horas e meia por prova, estudantes têm que resolver uma média de um item a cada três minutos. “Colocaremos questões com as mesmas exigências do Enem. Nesse tipo de prova, em vez de o aluno se preocupar com ‘decoreba’ e fórmulas, tem que usar linguagem, enfrentar problema, argumentar, elaborar proposta”, aponta. Ainda de acordo com Antônio Geraldo, a prova no estilo Enem do Simulado CB será a primeira de uma série de eventos com parceria entre o Correio e o IMP.

Entre os estudantes em disputa por uma vaga na UnB estão Felipe Corrêa de Sousa, 19 anos, morador do Sudoeste, e Assis Lira Soares, 17, de Ceilândia. Ambos dedicam cerca de 10 horas diárias para se prepararem para o Enem. Felipe quer medicina e Assis vai tentar o curso de matemática. Além das muitas horas de estudo diário, eles vão participar do simulado do Correio. “É um ensaio da prova. Faremos questões similares, no mesmo nível do Enem. Com isso, no dia do exame, faremos a prova com mais facilidade e segurança. Isso também requer preparo físico e mental, coisa que treinamos com esses testes”, destacou Felipe. “É duro fazer 90 questões em um dia e mais 90 no seguinte. Se não for praticando com simulados, o estudante não consegue ficar ali até terminar a prova”, completou Assis.
Tags:

publicidade

publicidade