SIGA O
Correio Braziliense

DESIGN

Móveis desenvolvidos na UnB dão origem a livro

Projeto do Laboratório de Design da UnB usa marchetaria com matéria-prima amazônica

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 02/10/2013 17:16 / atualizado em 02/10/2013 17:23

Agência UnB

divulgação
Nesta quinta-feira (3), às 11h, o Laboratório de Desenvolvimento e Design da UnB (LDD), lança no Laboratório de Produtos Florestais (LPF) do Serviço Florestal Brasileiro do MMA (antigo Ibama), o livro Muiradesign – Marchetaria com madeiras alternativas da Amazônia.

Organizado por Ana Claudia Maynardes, Frederico Hudson Ferreira, Itiro Lida e Rafael Dietzsch, o livro apresenta dois momentos da contribuição da UnB ao projeto de móveis no Brasil. O primeiro, na década de 1960, feito por profissionais de renome, recrutados para a criação da UnB, apresentando propostas muito arrojadas para o período; o segundo, quatro décadas depois, envolvendo professores e alunos do curso de Desenho Industrial.

O projeto surgiu em 1997, quando a engenheira florestal pesquisadora do LPF, Maria Helena de Souza, procurou os professores do Departamento de Desenho Industrial da UnB propondo a realização de projetos e móveis com uso de madeiras alternativas da Amazônia. Nascia o Muiradesign.

Para dar continuidade às pesquisas, desenvolver tecnologias, elaborar projetos e assessorar pequenas e médias empresas locais em assuntos ligados ao design de produtos foi criado, em 2003, o LDD, que inovou nos desenhos, na tecnologia de corte das lâminas de madeira, composição, cola e acabamento superficial.

Entre 2003 e 2005, o Laboratório desenvolveu projeto em parceria com o Sindicato das Indústrias da Madeira e do Mobiliário de Brasília, com apoio do CNPq. Mais tarde, passou a realizar trabalho com a Cooperativa de Produção do Polo Moveleiro de Valparaíso e Entorno (Coopomoval), com apoio da Fundação de Apoio à Pesquisa (FAP/DF).

divulgação
Utilizando a técnica da marchetaria, que utiliza lâminas de madeira para ornamentar peças, o Muira vem criando peças como mesas, bancos e racks com madeiras como jequitibá, pau amarelo, jatobá, ipê, roxinho, andiroba, inspirados em padrões de azulejaria, introduzidos por artistas como Athos Bulcão e Cândido Portinari.

Com o objetivo de apresentar o projeto aos alunos e, em equipe, criar novos desenhos e móveis, em 2012, o LDD criou uma disciplina no curso de graduação de Desenho Industrial, que integra o currículo como um estudo dirigido.

Com projeto concebido e executado pelo  LDD, o lançamento do livro faz parte das comemorações dos 40 anos do LPF. Editada graças ao Edital dos 50 anos da UnB, e publicada pela Editora da UnB, a obra poderá ser adquirida nas livrarias da editora em Brasília.

SERVIÇO

Lançamento do livro Muiradesign – Marchetaria com madeiras alternativas da Amazônia (Editora UnB)

Dia 3 de outubro de 2013, às 11h

Local: Laboratório de Produtos Florestais do Serviço Florestal Brasileiro (SCEN Trecho 2 Bloco H- antigo Ibama)

Contato: Frederico Hudson (61) 8151-7627
Tags: