SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Leia a nota do MEC sobre a Operação Esculápio

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 18/10/2013 16:37 / atualizado em 18/10/2013 16:39

A Operação Esculápio, deflagrada pela Polícia Federal na manhã desta sexta-feira, 18, não tem nenhuma relação com o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeiras (Revalida) promovido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) não faz parte das instituições federais que adotam o Revalida. O objetivo do exame é justamente oferecer um sistema seguro e homogêneo para o processo de revalidação de diplomas médicos obtidos no exterior. Mas cabe esclarecer que as universidades federais têm autonomia para revalidar diplomas, conforme prevê a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) [Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996]. A operação tem como base documentos encaminhados pela UFMT à Polícia Federal.
Tags:

publicidade

publicidade