SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Câmara Legislativa aprova aumento da receita destinada a pesquisa

Recursos serão aplicados no desenvolvimento científico e tecnológico do DF, por meio de pesquisas e bolsas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/11/2013 19:10

Agência UnB

A Universidade de Brasília, hoje um dos grandes núcleos de pesquisa científica do Centro-Oeste e detentora de cerca de 80% dos recursos da Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP-DF), tem muito a comemorar. Os deputados distritais aprovaram, em sessão ordinária em 29 de outubro, a proposta de emenda à Lei Orgânica nº 5/2011, que aumenta gradualmente o orçamento destinado à FAP-DF. A meta é chegar ao percentual de 2% da receita corrente líquida do DF, em 2021. Desde 2009, a porcentagem aplicada para esse fim é de apenas 0,5%.

Paulo Suarez, diretor do Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da UnB (CDT), afirma que os países que estão saindo de crises econômicas o fazem com investimento em pesquisa. “Não tem como crescer hoje em dia sem investir em pesquisa e inovação”, disse. “Com esse investimento, tanto a universidade quanto o DF saem ganhando, pois é por meio da pesquisa que conseguimos crescimento tecnológico e econômico”, completou.

A alteração da Lei Orgânica foi aprovada por unanimidade, com 18 votos favoráveis e seis ausências. A proposta, de autoria do deputado Wasny de Roure (PT), já havia sido aprovada pela Comissão Especial para Análise de Propostas de Emenda à Lei Orgânica da Câmara Legislativa do DF em junho deste ano e teve sua tramitação concluída. Ela segue agora para promulgação.

De acordo com o texto aprovado, o orçamento da FAP-DF aumenta a partir de 2014 e, anualmente, será ampliado até chegar ao percentual de 2% em 2021. O aumento gradativo foi negociado com o governo do Distrito Federal. Os recursos serão aplicados no desenvolvimento científico e tecnológico, por meio de pesquisas e bolsas. O deputado Wasny de Roure comemorou a aprovação da proposta e destacou que os recursos vão permitir à FAP-DF ampliar a produção científica e tecnológica no DF.
Tags:

publicidade

publicidade