SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Alunos podem conquistar o direito de não pagar por disciplina não cursada

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 19/11/2013 16:35

Agência Senado

Os alunos de nível superior poderão deduzir do custo total do curso a parcela referente a disciplina não cursada ou já cursada com aprovação, cujos créditos foram aproveitados. A determinação está contida no Projeto de Lei do Senado (PLS) 314/2012, que foi aprovado nesta terça-feira (19) pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) e deve seguir direto para a Câmara dos Deputados, a menos que haja recurso para votação em Plenário. De autoria do então senador Cidinho Santos, o projeto pretende assegurar o direito dos estudantes de não pagar por um serviço não contratado. Segundo o autor, é inconcebível que as instituições possam cobrar por disciplinas que o estudante já cursou em outra faculdade ou por aquelas em que não esteve matriculado num determinado semestre. A relatora, senadora Ana Amélia (PP-RS), explicou que a proposta modifica a atual lei em vigor (Lei nº 9.870, de 23 de novembro de 1999), que trata do pagamento por serviços educacionais na educação superior. Segundo Ana Amélia, a Lei nada dispõe sobre as disciplinas eventualmente aproveitadas ou não cursadas num determinado semestre ou ano, abrindo brecha para que algumas instituições de ensino promovam a cobrança. Para a senadora, a proposta resolve esse problema determinando a dedução do valor dessas disciplinas do valor total da anuidade ou semestralidade.
Tags:

publicidade

publicidade