SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

INSEGURANçA »

Biblioteca da UnB tem furtos em série

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 01/12/2013 18:31 / atualizado em 01/12/2013 18:32

Thiago Soares

A Biblioteca Central (BCE) da Universidade de Brasília (UnB) passou de um lugar tranquilo, de estudos para um ambiente inseguro. Uma série de furtos tem acontecido no prédio. Em média, por mês, são levados cinco computadores portáteis e 20 telefones de frequentadores e funcionários. Até perseguições já foram registradas.

Para mudar o quadro, servidores e estagiários da biblioteca pretendem realizar, amanhã, um ato público em favor da segurança. Os serviços de atendimento direto ao público no local serão suspensos durante todo dia. “Não queremos prejudicar os usuários da biblioteca, precisamos até do apoio deles nessa questão. O que queremos com esse ato é chamar a atenção da reitoria para o caso”, disse a chefe de setor de auxílio ao usuário da BCE, Larissa da Costa Silva.

Por causa da paralisação, o atendimento será realizado internamente, por meio de e-mail e telefone. Ou seja, o contato direto com o público será suspenso por 24 horas. Os livros com devolução marcada para segunda-feira poderão ser devolvidos na terça.

No início de novembro, usuários chegaram a abordar um adolescente tentando sair da biblioteca com um notebook. A Polícia Militar e a segurança do câmpus Darcy Ribeiro foram acionadas, mas só chegaram ao local 25 minutos depois. Mas, depois, o garoto acabou apreendido.

Reforço

O chefe de segurança da UnB, José Barbosa Guedes, disse que, na ocasião pode ter ocorrido um problema de comunicação. Ele prometeu escalar dois vigilantes para fazer a segurança no local. Além disso, pretende promover reunião com a direção da BCE a fim de discutir um plano local para preservar a integridade dos trabalhadores e dos leitores.

A PM informou que, apesar de a área da UnB ser de responsabilidade da Polícia Federal, faz patrulhamento constante na região. Mas o sargento Henrique Ferreira, do 3º Batalhão na Asa Norte, explicou que a responsabilidade por fazer a segurança na parte interna da biblioteca é da instituição de ensino federal.
Tags:

publicidade

publicidade