SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Funcionários de universidades federais entrarão em greve em março

Decisão foi tomada durante reunião plenária no último fim de semana

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 10/02/2014 19:07 / atualizado em 10/02/2014 19:18

Os funcionários técnico-administrativos das instituições federais de ensino superior decidiram entrar em greve a partir de 17 de março. A decisão foi tomada em reunião plenária que ocorreu neste fim de semana (8 e 9/2) com representantes de 39 entidades e 161 delegados.

De acordo com Luiz Antônio Araújo, coordenador da Federação de Sindicato de Trabalhadores Técnico-Administrativo em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil (Fasubra), a categoria não recebeu nenhum posicionamento do governo em relação as reivindicações, como redução de jornada de trabalho para 30 horas; fim da privatização dos hospitais universitários através da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH); aprimoramento na carreira (ascensão funcional); liberação de dirigentes para mandato sindical; e fim da perseguição a sindicalistas e militantes da base da Fasubra.

"Estamos nessa luta há muitos anos, e este é um momento diferenciado, por causa dos eventos que acontecerão nos próximos meses no país, como as eleições. A situação nas universidades federais está caótica", reclama o coordenador.

publicidade

publicidade