SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Casa do Estudante da UnB tem inauguração prevista para abril

Reforma da CEU, iniciada em 2012, encontra-se em fase final. Expectativa do DAC é encaminhar primeiros moradores à residência estudantil até o meio do ano

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 14/02/2014 17:12 / atualizado em 14/02/2014 18:21

Agência UnB

Emília Silberstein/UnB Agência
As 360 vagas disponíveis para moradia na Casa do Estudante Universitário (CEU) da UnB serão ocupadas ainda neste semestre. É o que espera a decana de Assuntos Comunitários da UnB, Denise Bomtempo. Ela vistoriou o andamento da obra na manhã desta sexta-feira (14), acompanhada de servidores da Diretoria de Desenvolvimento Social (DDS) e representantes dos estudantes. “A previsão de inauguração da obra é abril. Depois vamos mobiliar a casa e até o final de maio já poderemos encaminhar estudantes para cá”, diz Denise.

De acordo com ela, já foram comprados os equipamentos básicos de uma residência, como fogão, geladeira, mesa, cadeiras e varais para roupa. “Cerca de 90% do mobiliário já está adquirido”, conta a decana. Resta agora, e já está em processo de licitação, a aquisição de camas e colchões.

O estudante Lázaro Bonfim, coordenador de assistência estudantil no DCE e ex-morador da CEU, conta que o resultado da obra superou suas expectativas. “O padrão está muito acima do que eu imaginava. As coisas estão bem organizadas, bonitas, tem uma preocupação com o PPNE [Programa de Apoio às Pessoas Portadoras de Necessidades Especiais], que não tinha antes”, afirma, em referência aos dois apartamentos que serão adaptados para receber portadores de necessidades especiais.

Para ele, outra melhoria que os estudantes terão é a segurança. “Um grande problema que a gente tinha antes é que não havia controle de quem entrava na casa. Hoje você tem esse controle”, comemora. “Vai ser tudo cercado e vai ter uma guarita na entrada, como acontece no CO [Centro Olímpico]”, completa Nicolas Powidayko, coordenador geral do DCE.

Enquanto as últimas providências para o restabelecimento da CEU são tomadas, o Decanato de Assuntos Comunitários (DAC), juntamente com a Diretoria de Desenvolvimento Social (DDS) e o Diretório Central de Estudantes (DCE), dará início à discussão sobre o regulamento da casa. O tema será pautado na Câmara de Assuntos Comunitários (CAC), a partir de março. “Estamos elaborando o estatuto da casa, que vai para discussão na CAC com participação dos estudantes”, conta Denise Bomtempo. O estudante Lázaro, que viveu na CEU de 2010 até a desocupação dos apartamentos, concorda com o debate. “A gente tem que trazer os estudantes para essa discussão e procurar o meio termo, nada muito duro, mas também nem tão brando”.
Tags:

publicidade

publicidade